Apresentado oficialmente no Grêmio, Miguel Borja destaca: ”Vamos fazer história”

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A nova contratação do Grêmio já está em Porto Alegre, apresentado ao tricolor e fazendo treinamentos no CT Luiz Carvalho. Miguel Borja, vindo do Palmeiras por empréstimo, foi anunciado oficialmente como novo camisa 9 do Grêmio, nessa quinta-feira (5). O jogador colombiano de 28 anos pertence ao Palmeiras desde 2017, mas soma passagens em Atlético Nacional e Junior Barranquila.

Borja, que já foi treinado por Felipão, ressaltou a boa relação com o técnico, agradecendo a confiança da comissão técnica e da direção gremista. “Brasil é minha segunda casa. Minha família também gosta muito. Estou muito feliz e agradecer a diretoria que acreditou no meu potencial. Vamos fazer história.”, disse.  “Felipão me ligou e fiquei muito feliz que ele acreditou novamente em mim.”, acrescentou.

O centroavante chega como opção para Felipão e não deve demorar para ficar à disposição. Com a ausência de Diego Souza, fora por lesão, Scolari pensa em contar com o jogador já para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro, assim que ele aparecer no BID. “Trabalhando cada dia, tem grandes jogadores no elenco. O Felipão já sabe minhas características, o que consigo fazer cada jogo. Seguramente preciso movimentar e fazer gol. Vou trabalhar para ficar cada vez mais a disposição.”, afirmou o jogador.

Campeão do Campeonato Brasileiro de 2018 pelo Palmeiras e artilheiro da Copa Libertadores no mesmo ano, o jogador teve boa passagem pelo Verdão, e agora trabalha para corresponder as expectativas da direção, técnico e torcida. “Disposto, sempre, sempre e sempre. É o meu trabalho e tratar de fazer o meu melhor. Fico tranquilo pelo que fiz no Palmeiras, fui campeão e fiz história sendo artilheiro na Libertadores, isso ninguém vai mudar”.

Com a fase complicada do Tricolor, na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro, o Grêmio precisa se recuperar na competição, e com a ajuda do novo jogador, as coisas podem mudar. Com ciência da situação complicada, Borja destacou: “Tem muito elenco aqui no Grêmio. Sabemos que temos como virar tudo isso aí. Felipão tem muita história e está tudo com a gente”.

O Grêmio tem o final de semana livre para treinamentos, já que enfrenta a Chapecoense apenas na segunda-feira (9), às 20h, na Arena. O Tricolor é o vice-lanterna, na frente apenas da própria Chapecoense. A partida terá transmissão da Rádio Grenal.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

“Série B é um inferno”, diz Paulo Odone após reunião do conselho consultivo do Grêmio
De saída: Léo Chú tem negociação encaminhada com o Seattle Sounders dos Estados Unidos
Deixe seu comentário