Após goleada no Beira-Rio, Ramirez mantém cautela: “Não sei se foi o melhor jogo”

Victor Cuesta e Miguel Ángel Ramirez falaram após a vitória na Copa Libertadores

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

O Inter finalmente estreiou na Copa Libertadores da América. Isso porque a derrota na Bolívia para o Always Ready na primeira rodada deixou um ar que o time podia mais. E mostrou isso ontem, quando goleou o Deportivo Táchira pelo placar de 4 x 0 e jogou um bom futebol pelas mãos de Miguel Ángel Ramirez. Após o jogo, o zagueiro Victor Cuesta e o técnico espanhol falaram sobre a vitória colorada.

RECUPERAÇÃO

O primeiro a falar na coletiva foi Victor Cuesta. O zagueiro comentou acerca da vitória que colocou o Inter, pelo menos temporariamente, na primeira colocação do Grupo B. Sobre ter começado a competição com derrota e recuperado os pontos diante do Táchira, falou: “Era importante, não só pelos três pontos mas da forma como foi. Precisávamos nos recuperar da derrota, e hoje tivemos posse de bola, com construção de oportunidades de gols”.

BOLA AÉREA

A jogada de bola aérea vem sendo um fator determinante nos últimos jogos colorado. Foi-se mostrado um grande repertório nas bolas paradas que retornaram em gols. Ontem não foi diferente, e o autor do gol de cabeça, Cuesta exaltou: “Sabemos que a bola parada define jogos, a favor ou contra. Temos grandes cobradores, hoje novamente o Rodinei bateu muito bem o jogo todo”.

TAISON NO BANCO

Após o zagueiro Victor Cuesta responder as perguntas da imprensa, foi a vez de Miguel Ángel Ramirez dar suas palavras. Questionado sobre a não entrada de Taison, o que marcaria a reestreia do jogador com a camisa colorada, o treinador espanhol explicou: “Sabemos que a bola parada define jogos, a favor ou contra. Temos grandes cobradores, hoje novamente o Rodinei bateu muito bem o jogo todo”.

GOLEADA

Esta foi a segunda goleada seguida, e a terceira no ano. Anteriormente já havia ganho do Aimoré e do Esportivo. Sobre o placar elástico e a boa atuação colorada, o técnico espanhol comentou: “Sabemos que a bola parada define jogos, a favor ou contra. Temos grandes cobradores, hoje novamente o Rodinei bateu muito bem o jogo todo”.

GUERRERO

Paolo Guerrero será um desfalque nos próximos jogos do Inter. O jogador, após retornar de lesão, sentiu novamente o local onde teve de realizar a cirurgia no joelho e deve fazer um retreinamento para retornar sem chances de agravar a contusão. Miguel Ángel Ramirez comentou: “Sabemos que a bola parada define jogos, a favor ou contra. Temos grandes cobradores, hoje novamente o Rodinei bateu muito bem o jogo todo”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter golea o Táchira por 4 a 0 e dorme na liderança do grupo B
Kannemann não é relacionado e Grêmio vê Geromel como dúvida para enfrentar Lanús
Deixe seu comentário