Após derrota no Brasileiro, Inter retorna para Porto Alegre e retoma clima de decisão para a Libertadores


Por: Valeria Possamai,

*Valéria Possamai

O Inter já está em Porto Alegre após a derrota sofrida, de virada, para o Goiás, neste domingo, em Goiânia. Os jogadores agora viram a chave e revivem o clima de Copa Libertadores. Na quarta-feira (28), tem a decisão contra o Flamengo, no Beira-Rio. Para seguir adiante, o colorado precisa reverter o placar de 2 a 0 sofrido no primeiro jogo.

A delegação retornou para o Rio Grande do Sul logo após o jogo em voo fretado. Parte do grupo permaneceu na capital gaúcha, e realizou um treinamento na manhã deste domingo. O trabalho, contudo, trouxe uma preocupação: Rafael Sobis. O atacante não esteve no gramado do CT Parque Gigante e pode virar dúvida.

A outra parte da delegação com os reforços do titulares Marcelo Lomba e Rodrigo Lindoso, além de Nico López, estiveram no Serra Dourada. O goleiro e o atacante atuaram contra o Goiás. Mesmo saindo na frente do marcador e com um jogador a mais, o colorado acabou sofrendo a virada por 2 a 1. Guilherme Parede foi o autor do gol dos gaúchos.

Contudo, o campeonato nacional volta a ficar para trás, o pensamento volta a estar na Libertadores. Já em vias de preparação para a decisão contra o Flamengo, o time tem duas atividades marcadas antes da partida. A primeira delas ocorre nesta segunda-feira, às 15h30. No mesmo horário, nesta terça-feira, o grupo ainda realiza o último treinamento.

Para a decisão desta quarta-feira, em casa, o colorado precisa vencer por 3 a 0 para garantir a classificação no tempo normal. Caso devolva o mesmo placar do primeiro jogo, a vaga será decidida nas penalidades máximas. Vale lembrar que, nesta fase há gol qualificado, ou seja, caso o Flamengo marque, o Inter precisará superar o adversário por uma diferença de três.

Leia mais: Torcida do Inter esgota todos os setores do Beira-Rio para decisão contra o Flamengo

*estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Comentários

>