Após atualização de bandeira, dupla Grenal aguarda posicionamento da prefeitura de Porto Alegre sobre realização de treinamentos

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Depois do anúncio do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, da atualização do novo bandeiramento dos municípios, Grêmio e Inter ainda aguardam pelo posicionamento da prefeitura de Porto Alegre para definir o planejamento de treinos. A capital gaúcha passou para a bandeira vermelha e assim, os treinos podem ser restringidos a partir da próxima terça-feira (23), quando o novo decreto passa a vigorar.

Neste domingo, a Rádio Grenal ouviu dirigentes da dupla e a posição é o que os clubes aguardam pelo posicionamento do prefeito Nelson Marchezan Jr., marcado para esta tarde, para anunciar as diretrizes com relação à Porto Alegre. Há a expectativa que se possa haver uma flexibilização para a continuidade dos treinamentos nos CTs.

“Essa mudança da bandeira (de Porto Alegre) traz um retrocesso no sentindo dos treinos. Há uma expectativa que o prefeito possa flexibilizar os treinos. Vamos aguardar este pronunciamento”, declarou o vice-presidente do Inter Alexandre Chaves Barcellos à Rádio Grenal.

Do lado do Grêmio, também há o entendimento de que a restrição dos treinos gera um retrocesso na questão física dos atletas. Mas o vice de futebol Paulo Luz apontou que pode haver contato entre os presidentes do clube com as autoridades locais, de forma respeitosa, para a liberação das atividades, tendo em vista a segurança dos protocolos médicos aplicados.

“Estamos avaliando a situação. Nossa atividade de amanhã está mantida, pois há também o decreto da prefeitura. Vamos agir com cautela. Não resta dúvida que para nós, que estávamos realizando os treinos, é um recesso”, apontou o dirigente à Grenal.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Dupla Grenal

Compartilhe esta notícia:

Isaque comenta sequência de treinos e relembra episódio com Matheus Henrique
Alvo de muitas “sondagens”, Grêmio ainda aguarda por propostas oficiais pelo elenco
Deixe seu comentário