Alex: “Fui infeliz demais. Peço desculpas para o Banha e toda sua família”


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

A fase do Internacional é, sem dúvidas, uma das piores da sua história. A derrota para o Palmeiras, por mais esperada que fosse, não contava com o ingrediente a mais, que veio com um empate em casa diante do Santa Cruz, time que está virtualmente rebaixado. Durante a partida, um dos símbolos de conquistas do clube, o jogador multicampeão pelo Inter, presente nas maiores conquistas da história da instituição e hoje capitão do time dentro de campo, Alex foi substituído.

Ao sair do jogo, consternado com o momento e sem conseguir conter-se, jogou no chão uma garrafa alcançada pelo Massagista do Inter, conhecido como Banha. Pela leitura labial, o se percebeu o massagista pedindo calma ao jogador, porém o mesmo disse: “Calma nada”. A atitude, segundo o próprio atleta foi desproporcional e aconteceu por estar de cabeça quente e preocupado com a situação que o time está no campeonato brasileiro.

Para desculpar-se diante da torcida e do colega de clube, o jogador concedeu entrevista para a Rádio Grenal, no  programa Na Torcida apresentado pelo jornalista Gabriel Correa e Carlos Lacerda. A entrevista foi ao vivo no programa de ontem.

Além do pedido de desculpas, o capitão do Internacional reforçou a ideia de luta da equipe dentro de campo, e afirmou que não quer ser rebaixado, pois isso deixa uma marca muito grande no clube, na torcida e nos jogadores. O Inter perdeu para o Palmeiras e com a vitória do Vitória da Bahia sobre o Atlético-PR, o Inter voltou ao Z4, está na 17ª posição com 38 pontos um ponto atrás do rubro-negro baiano.

Acompanhe a entrevista completa:

Comentários