Aguirre exalta capacidade de reação do Inter: “Os jogadores tentaram e acreditaram”

Diego Aguirre exaltou o um ponto conquistado no litoral paulista, diante do Santos, neste domingo

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

O Inter viajou ao litoral paulista para enfrentar o Santos e retornou com um ponto na bagagem. O resultado foi considerado positivo, tendo em vista que saiu na frente no marcador mas levou a virada logo em seguida. Diego Aguirre, técnico colorado, falou em entrevista coletiva após a partida.

Exaltando o nível de entrega de seus jogadores, Aguirre comentou ter sido um confronto muito difícil onde viu seu time inicar bem a partida e logo depois levar a virada. “Sempre que você joga e o time rival consegue marcar gols, é pela qualidade deles, mas também por falhas nossas. Acho que no segundo tempo o time melhorou bastante defensivamente. Temos que trabalhar para continuar evoluindo”, concluiu.

Admitindo que não foi uma das melhores partidas tecnicamente falando, o uruguaio comemorou o empate, que na sua visão foi merecido: “Os jogadores tentaram, acreditaram”. Sem perder a três partidas, o Inter conquistou sete pontos em nove, Aguirre contemplou os resultados fora de casa: “Minha previsão é jogo a jogo, mas imaginava que se conquistássemos quatro pontos de seis, fora de casa, seria muito bom”.

Os últimos confrontos mostraram um Inter com capacidade de reação após enfrentar placares adversos. Além disso, a transição ofensiva colorada tomou destaque em vários momentos. Aguirre comentou sobre o estilo de jogo: “Pouco a pouco vou conhecendo os jogadores e analisando como temos que jogar. Eu gosto de medir essas situações no jogo. O time está perto de jogar da maneira que eu acho melhor”.

Em relação a alguns jogadores, Aguirre foi questionado sobre o rendimento de Boschilia: “É um bom jogador tecnicamente. Sua entrada foi para o time ter um pouco mais de controle. Mas não podemos esquecer que ele vem de uma cirurgia delicada e não podemos colocar tanta pressão nesse jogador”. E comentou sobre a possibilidade de Guerrero e Yuri Alberto atuarem juntos: “Podem jogar juntos sim, claro. A volta de Guerrero já é uma realidade”.

Sobre reforços, Aguirre negou ter solicitado novos jogadores para o seu plantel. Justificando, o uruguaio respondeu não valer a pena contratar por contratar. “Se for pra contratar alguém, quero que seja alguém do mesmo nível dos nosso jogadores ou melhor”, completou.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter empata no fim do jogo contra o Santos na Vila Belmiro neste domingo pelo Brasileirão
Protagonistas: Edenílson e Yuri Alberto são responsáveis por mais de 70% dos gols do Inter no Brasileiro
Deixe seu comentário