Aguirre elogia criação de jogadas, mas pondera: “Merecer não é o suficiente”

Diego Aguirre contabilizou sua terceira derrota em 10 jogos desde seu retorno ao comando do Inter

Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Encarando péssima fase no comando colorado, após ser eliminado na Libertadores para o Olímpia, Diego Aguirre teve sua terceira derrota na casamata desde o seu retorno ao estádio Beira-Rio. Em Curitiba, o Inter perdeu pelo placar de 2 a 1 para o Athletico-PR e apesar da chances criadas na Arena da Baixada, não foram o suficientes para que pudessem reverter o resultado.

Aguirre comentou sobre os diversos erros nas conclusões das jogadas, que resultam em placares não favoráveis ao Inter: “A falta de gols são situações que acontecem. Não tenho dúvida da qualidade dos nossos jogadores. Estou gostando da forma como criamos as possibilidades, mas precisamos melhorar bastante”, comentou. Para o treinador uruguaio, há coisas para trabalhar e melhorar. “Merecer não é o suficiente, temos que dar mais para conseguir”, concluiu.

Falando em trabalho, pela primeira vez Aguirre terá uma semana livre para impor suas ideias e corrigir os erros apresentados nos 10 jogos que esteve comandando o colorado. Isso porque, eliminado da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, o Inter só volta a jogar no sábado, quando pega o Cuiabá, no Beira-Rio. “Agora temos semanas cheias, é ruim porque não teremos competições, é a parte negativa. Vai ser a primeira semana que teremos para trabalhar, logicamente o time precisa melhorar”, frisou.

Analisando os pontos que necessitam ser corrigidos, Diego Aguirre comentou: “Muitas coisas. Melhorar defensivamente, a intensidade da pressão e a finalização. Estamos perdendo jogos que não deveríamos por não conseguir matar o jogo”. O uruguaio diz entender que futebol é resultado e diz priorizar isso, mantendo a tranquilidade para recuperar rapidamente a imagem colorada no Campeonato Brasileiro.

Contudo, como nem tudo são flores, a semana livre também dará uma dor de cabeça ao comandante. O técnico precisará definir quem substituirá Yuri Alberto e Thiago Galhardo no ataque, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. “Temos desfalques importantes, nossos dois centroavantes, Guerrero também está fora. Então temos que buscar soluções durante a semana. Os meninos estão prontos para ajudar, mas vamos decidir durante a semana”. Além disso, Diego Aguirre descartou Paolo Guerrero por não ter condições físicas ainda para retornar ao campo.

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter perde de 2 a 1 para o Athletico-PR e segue próximo do Z-4 no Campeonato Brasileiro
Felipão e Herrmann lamentam ausências de jogadores por conta de lesão: “Muito complicado”
Deixe seu comentário