A retomada do Gauchão: como está a preparação de Aimoré, Novo Hamburgo e São José à espera do retorno do Estadual

A estimativa é que o campeonato possa seguir a partir de meados de julho e início de agosto

Foto: (Divulgação/São José)

Diante da possibilidade de volta do Campeonato Gaúcho, os clubes seguem se mobilizando para cumprir as rodadas restantes do Estadual. Contudo, diante dos impactos financeiros, as direções, especialmente dos times do interior, têm se desdobrando para garantir a permanência dos atletas e o funcionamento de suas estruturas.

Seguindo a série de matérias especiais sobre a situação dos clubes à espera do Gauchão, a Rádio Grenal apresenta a seguir, a realidade no Aimoré, Novo Hamburgo e São José.

Novo Hamburgo

Campeão gaúcho em 2017, o Novo Hamburgo passa por reformulações em 2020. Foto: (Divulgação/E.C. Novo Hamburgo).

De campeão gaúcho em 2017, o Novo Hamburgo vive uma situação de reestruturação após três anos. Atingido pela pausa do futebol em 2020, o Noia está se reformulando.  Com a paralisação do futebol, todo o elenco foi liberado após o pagamento dos vencimentos de março. Agora, com a previsão de retomada do Campeonato Gaúcho, o clube está em busca da montagem de um novo time.

“Temos alguns contratos feitos, alguns atletas devem retornar, outros não, por possuírem compromissos para disputar outras competições. Teremos que fazer uma busca de novos atletas para compor o elenco e terminar a competição”, explicou o presidente Raul Hartmann.

Mesmo diante do cenário, Hartmann afirma que o clube busca formar uma equipe competitiva para as rodadas que ainda restam da competição: “Se depender de mim, em termos de vontade de torcedor, é fazer uma equipe competitiva, embora seja um torneio de apenas três rodadas para definir a classificação.”

Aimoré

Aimoré prevê volta aos trabalhos no próximo mês. Foto: (Divulgação/Índio Capilé).

Enquanto aguarda pelo retorno do futebol, o Aimoré conseguiu garantir a permanência do grupo de atletas. Primeiramente, prorrogou o contrato de todo elenco e depois, com a decisão do adiamento, suspendeu os vínculos, seguindo o decreto federal. Assim, a expectativa é que os mesmos 19 jogadores, que estavam no grupo de estreia do estadual, devam seguir no clube.

Conforme o presidente Ronaldo Vieira, ainda não há data definida para a reapresentação. A decisão vai depender da retomado Gauchão, que até o momento tem apenas a sinalização de retorno entre meados de julho e início de agosto.

“Se de fato se confirmar (a data do Gauchão), ainda no mês de junho, vamos procurar a prefeitura para estabelecer o protocolo de retorno. Antes disso, não tem muito sentido”, explicou o mandatário do Índio Capilé, que apontou: “Seria muito melhor de chegar na fase de mata, porque teria uma receita grande com algum clube da capital. Ajudaria muito nas finanças. Temos que nos contentar em voltar competitivos e brigar dentro da realidade, que existe hoje”.

São José

Com jogadores testados, São José já reiniciou os treinos. Foto: (Divulgação/São José)

O São José foi o terceiro time do Gauchão a retomar aos treinos. A agenda de jogos da Série C do Campeonato Brasileiro facilitou para o clube, que tem contratos firmados até o final do torneio nacional. Seguindo as orientações das autoridades locais, o clube adotou um protocolo para a realização dos trabalhos.

Conforme o protocolo, os jogadores foram divididos quatro grupos de seis jogadores, que chegam ao estádio Passo d’Areia por entradas diferentes. Entre as medidas adotadas pela direção no enfrentamento ao período de crise está a redução de 30% da folha salarial.

A compreensão dos jogadores com a situação do clube, que garantiu a permanência do grupo em Porto Alegre, pode ser um dos trunfos do time na retomada, conforme o gerente executivo, Luciano Oliveira: “Ter essa situação de manter a maioria do grupo, entendemos que saímos muito fortalecidos. É o momento de fazermos algo da competição, que valorize o próximo ano. Temos condições de buscar o título do Interior”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Matérias Especiais

Compartilhe esta notícia:

A retomada do Gauchão: como está a preparação dos clubes da Serra à espera do retorno do Estadual
À espera do Gauchão: como estão as situações dos times do Norte do RS
Deixe seu comentário