A evolução de Patrick nas mãos de Eduardo Coudet

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Patrick ”Choco” chegou ao Inter em 2018, em um time em reconstrução após um ano no rebaixamento, foi titular absoluto em 2019 no comando de Odair Hellmann, mas à chegada de Eduardo Coudet fez com que o jogador perdesse espaço no time principal. O volante abriu o ano na reserva, mas pouco a pouco recuperou espaço no elenco a ponto de virar titular novamente após a retomada do futebol.

Reserva no primeiro semestre, ele seguiu no banco nos primeiros compromissos da retomada, mas virou a chave no Campeonato Brasileiro e se tornou um dos principais símbolos do Inter da campanha na competição nacional. Em 2020, Patrick tem 20 jogos, duas assistências e 3 gols na temporada. Hoje, ao lado de Boschilia e Thiago Galhardo, tem participação fundamental no DNA ofensivo do Internacional.

Pela forma como Inter joga com Eduardo Coudet – procurando ocupar o campo de ataque e não esperando os adversários, Patrick tem naturalmente um posicionamento mais adiantado em relação a 2019.

A característica de força para pressionar os rivais no campo de ataque e a capacidade para chegar rápido à área adversária fez com que Patrick ganhasse a confiança do técnico, que considera a imposição física como quesito fundamental para o seu estilo de jogo. Ele virou um dos alicerces do meio-campo.

Na última quinta-feira (22), o Inter entrou em campo no Chile contra a Universidad Católica, em busca da classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, Eduardo Coudet optou por entrar com os reservas e Patrick não esteve no plantel, já que foi liberado para o nascimento de sua filha no Rio de Janeiro. Agora, o time de Coudet tem seu foco total na partida de domingo (24), contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. 

O jogo contra a equipe carioca definirá o líder do Brasileirão, e o Inter almeja se manter na primeira colocação. E portanto, Patrick deve estar no time titular.  

Confira os dados do jogador na temporada: 

Jogos: 20

Gols: 3

Assistências: 2

 

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Coudet destaca time misto, lamenta erros mas comemora classificação para as oitavas da Libertadores
Alexandre Barcellos concede entrevista à Rádio Grenal e destaca: ”Vamos enfrentar o Boca, um jogo bom, um jogo grande, que o Internacional sabe jogar.”
Deixe seu comentário