Zago, após empate na estreia: “Importante darmos uma cara nova à equipe”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Uniforme de treino, equipes mescladas e campo do Vila Ventura. A descrição é do primeiro compromisso colorado na temporada 2017, ocorrida na tarde deste sábado (21), em Viamão. Embora fosse jogo-treino, a estreia de Antônio Carlos Zago no comando do Internacional foi complicada. Contra o xará Inter de Lages-SC, o clube gaúcho teve dificuldades durante a partida e apenas empatou.

O time inicial contou com a presença dos possíveis titulares do sistema defensivo: Danilo Fernandes, Ceará, Neris, Ernando e Uendel, junto com os volantes Rodrigo Dourado e Eduardo Henrique. O quarteto Gustavo Ferrareis, Andrigo, Nico Lopez e Aylon, que foi substituído por Brenner, completou a equipe.

Durante a primeira etapa, que durou 50 minutos, não houve intensidade. Muitas jogadas foram desperdiçadas por causa dos diversos passes errados. Além disso, a equipe finalizou somente três vezes – todas longe do gol. As principais oportunidade foram criadas pela equipe de Santa Catarina. Aos 42 minutos, o zagueiro Neris foi desarmado no meio-campo e, na sequência, Danilo Fernandes realizou grande defesa. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Rodrigo Dourado salvou o Internacional.

No intervalo, Zago trocou todos os atletas e inverteu os titulares. Marcelo Lomba, Charles, Eduardo, Léo Ortiz, Artur, Anselmo, Fernando Bob, Seijas, D’alessandro, Diego e Roberson foram ao campo para a segunda etapa.

A nova composição trouxe resultado, apesar do empate. Com maior volume de jogo, o clube gaúcho passou a dominar as ações ofensivas. D’alessandro comandou o meio-campo, distribuindo passes e cruzamentos. O camisa 10 foi protagonista em duas grandes oportunidades. Aos 17 minutos, cobrou escanteio e Anselmo, por pouco, não marcou de cabeça. Mais tarde, realizou um lançamento de 40 metros para Junio, que entrou durante a segunda etapa. O garoto cruzou direto para o gol e quase abriu o placar. No final, ainda, o capitão achou Diego, que, de primeira, chutou para fora.

Após a partida, o treinador colorado falou com a imprensa, em local improvisado. “Importante que os jogadores suportaram bem os dois tempos. Importante darmos uma nova cara à equipe. O mais importante que tudo que vem sendo feito, vem sendo feito em conjunto”, exaltou Zago.

O Internacional volta a atuar na terça-feira (24) contra o Tubarão-SC. A partida também ocorrerá no Hotel Vila Ventura.

Ficha técnica:

Internacional 0x0 Inter de Lages-SC

Escalação do Internacional:

  • 1º tempo: Danilo Fernandes, Ceará, Neris, Ernando, Uendel, Rodrigo Dourado, Eduardo Henrique, Gustavo Ferrareis, Andrigo, Aylon (Brenner) e Nico Lopez
  • 2º tempo: Marcelo Lomba, Charles, Eduardo, Léo Ortiz, Artur, Anselmo (Junio), Fernando Bob, Seijas, D’alessandro, Diego e Roberson

Arbitragem: Ruggiéri da Fontoura, Cassio Dornelles e Edemar Palmeira

 

 

Comentários