Victor Ferraz analisa positivamente a base gremista e projeta partida contra o Santos: ”Tudo pra ser um grande jogo”

Jogador assumiu a titularidade na lateral-direita.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na tarde dessa segunda-feira (14), o lateral-direito gremista Victor Ferraz concedeu uma entrevista coletiva. Ex-jogador do Santos, o jogador reconheceu o tamanho do duelo entre as duas equipes, que se enfrentam pelo jogo de volta da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (16). Mesmo com o empate em 1 a 1 no jogo de ida, Ferraz não deixou de comentar a grandiosidade de ambos adversários.  ”Conheço bastante a equipe do Santos, o Cuca que foi meu treinador durante muito tempo. Tem tudo pra ser um grande jogo, assim como achavamos que ia ser um grande jogo aqui na Arena. Duas equipes de bastante tradição, que sabem jogar a competição.”, disse.

”Santos se comportou muito bem aqui na Arena, conseguiu anular nossas jogadas, ter um volume de jogo. Empate de 1 a 1 no final foi um bom resultado para gente, pela circustância do jogo. Agora é utilizar da estratégia que o Renato tá montando e sair de lá com a classificação.”, analisou o jogador. Victor Ferraz assumiu a titularidade após situações de rodagem com Orejuela.

Ainda em dúvida, o Tricolor não tem certeza se o meia Jean Pyerre estará disponível para entrar em campo contra o Santos. Mesmo assim, Ferraz reconhece a importância do jogador, mas não descarta o grupo como um todo. ”Eu obviamente gostaria que o Jean Pyerre estivesse dentro de campo, é um jogador importante, assim como os outros. Mas o Grêmio é muito grande para depender só do Jean, mesmo sem ele precisamos ir lá classificar. Na minha opinião, não dependemos dele, mas sim ele acrescenta. Se ele não jogar, o Renato vai colocar outro jogador que vai servir muito bem.

Vindo do Santos, aonde permaneceu por 5 anos, o lateral conhece bem a formação da base santista. Questionado sobre o duelo Meninos da Vila x Guris do Grêmio, Ferraz reconheceu o bom trabalho que é realizado pelo clube tricolor, que a lapidação desde as categorias inferiores até o profissional é bem realizado.

”Eu sou um cara muito ligado com a base, tem um projeto lá em João Pessoa. Fico bem impressionado com o trabalho feito pelo Grêmio, lá no Santos eu já falei várias vezes o quanto é competente. Acompanho bastante o sub-20, o sub-23, são garotos de muita qualidade. A torcida têm que ficar muito animada, tem uma geração aí vindo muito boa.”, analisou o jogador.

A partida contra o Santos acontece na próxima quarta-feira (16), às 19h15, na Vila Belmiro, pelas quartas de final da Copa Libertadores.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Maicon vira provável desfalque para enfrentar o Santos
Nova chance para Patrick: Renato Portaluppi fala sobre oportunidades dadas para meia tricolor
Deixe seu comentário