• Ouça a Rádio Grenal

Vice de futebol detalha perfil que Inter busca no mercado e andamento de negociações

Alessandro Barcellos concedeu entrevista exclusiva à Rádio Grenal

Há exatos dois meses de atuação no cargo de vice de futebol do Inter, Alessandro Barcellos tem como missão buscar um novo nome para o ataque do time de Eduardo Coudet. A posição é a principal busca do departamento para suprir as necessidades do novo técnico. Em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, o dirigente detalhou o perfil que o clube busca no mercado e do andamento das negociações.

Até aqui, o colorado contratou seis reforços, especialmente no trabalho do executivo Rodrigo Caetano, que acumulou a função de vice de futebol após a saída de Roberto Melo até a chegada de Barcellos. Mesmo com a chegada de jogadores com perfil ofensivo como os casos de Marcos Guilherme e Thiago Galhardo, o departamento busca a contratação de um jogador, que não necessariamente seja um camisa 9 de ofício, mas que possa atuar para suprir futuras ausências de Paolo Guerrero, com convocações para a Seleção Peruana, além de jogar ao lado do peruano. “A ideia é buscar um negócio que caiba no orçamento do clube mas que dê retorno esportivo.”

Contudo, a situação do mercado de transferências, além do momento financeiro do clube tem imposto barreiras em negócios. Segundo o dirigente, já houve possibilidades que agradaram, mas que financeiramente não eram possíveis, e o mesmo cenário, na forma inversa. Apesar das dificuldades, a contratação é uma prioridade, mas não tratada como uma “pressão”.

Possibilidade de primeiro título

Depois da classificação para terceira fase da pré-Libertadores, o foco do time é o clássico Grenal, deste sábado. A decisão pela semifinal vale vaga para a decisão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho, que vislumbra a possibilidade do primeiro título de 2020.”Mais próximo é o turno do Gauchão (risos). Vai depender muito do encaixe, da forma de trabalho. Mas estamos preparados e confiantes pra encarar os desafios. O Grêmio com um técnico que está há mais tempo. Impossível apontar favorito. O Grêmio também vem com apetite pra vencer. É uma decisão. Temos muito respeito, mas estamos confiantes.”

Confira outros trechos da entrevista

Utilização das categorias de base

Temos uma determinação da direção para o aproveitamento da categoria de base e também o entendimento do Eduardo Coudet desta utilização. Não basta querer usar os jovens, temos que abrir espaço pra eles. Temos que pensar neles dentro do planejamento. O Jhonny é um exemplo disso.

Situação de Rodrigo Dourado

Temos a expectativa que ele volte. É um grande jogador. O clube acredita muito no potencial dele. Há uma complexidade, pois não foi uma lesão simples. Mas ele vem em um processo evolutivo.

 

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Kannemann passa por cirurgia e está fora do clássico Grenal
Grêmio confirma cirurgia de Kannemann e tempo de recuperação é estimado em até quatro semanas
Deixe seu comentário