Grêmio vence Ceará por 2×1 no estádio Centenário, em Caxias do Sul


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

O Grêmio enfrentou o Ceará nesta quarta-feira (09), no Estádio Francisco Stédile, conhecido como Centenário, em Caxias do Sul. A partida foi válida pela 24ª rodada do Brasileirão. Após empatar em casa com o Corinthians, o Tricolor chegou pressionando para conseguir o maior número de pontos e venceu o time Alvinegro por 2×1. Com o resultado, o Ceará entra na zona de rebaixamento.

O jogo ocorreu no estádio Centenário por conta do show da banda de rock Iron Maiden, que aconteceu nesta quarta, na Arena, em Porto Alegre.

Nos 12 minutos do primeiro tempo, Pepê avançou com a bola, invadiu a área e caiu após choque com William Oliveira. O lance foi para o VAR e os jogadores pediam pênalti, mas a árbitra Edina Batista mandou seguir o jogo.

Os dois times estavam com força total e fizeram boas jogadas. Aos 18, Luan marcou o primeiro gol, que foi anulado por impedimento. Em seguida, aos 21, foi a vez do Ceará quase marcar. João Lucas roubou a bola de Alisson na lateral e avançou, mandando rasteiro na meta para uma grande defesa de Paulo Victor.

Nos 23, William Oliveira deu um carrinho forte em Michel e foi advertido com cartão amarelo. Aos 27 mais um gol anulado, desta vez do time Alvinegro. Pedro Ken chutou de longe e marcou, mas estava impedido.

O Grêmio tentava chegar na área do Ceará, mas o time adversário estava jogando recuado, não deixando o ataque do Tricolor passar. Mesmo assim, aos 34 finalmente saiu gol: Pedro Geromel subiu livre, chegou na bola e marcou de cabeça para a meta, sem chance para Diogo Silva. Esse é o segundo gol do zagueiro no campeonato brasileiro.

O jogo seguia equilibrado, com cinco finalizações do Grêmio e quatro do Ceará. Bruno Cortez teve a oportunidade de marcar o segundo gol do Tricolor, mas cruzou mal e mandou a bola pela linha de fundo.

Os times estavam com vontade de jogo e aos 39 um pênalti para o Grêmio fez o time ampliar o placar: 2×0 para os gaúchos com gol marcado por Maicon! A jogada que rendeu a penalidade máxima iniciou com Diogo Tardelli, que avançou em velocidade, invadiu a área e foi parado por Valdo.

O time do Ceará não pareceu sentir os gols do time adversário. Aos 43 viu a oportunidade e Thiago Galhardo balançou a rede, ampliando o placar para 2×1. E foi assim que terminou a primeira etapa.

No segundo tempo o time do Ceará iniciou com alterações: saíram Felippe Cardoso e Mateus Gonçalves e entraram Juninho Quixadá e Juninho, respectivamente.

Já nos primeiros minutos, cartão amarelo para o time Alvinegro: Pedro Ken faz falta dura em Pepê e toma a advertência.

O Grêmio teve mais uma chance clara de gol aos 17 minutos. Pepê enfiou a bola para Maicon, na área. O volante tocou rasteiro para Luan e, na cara do gol, o camisa 7 mandou por cima da meta. Quase!

Em seguida, foi a vez do Grêmio fazer alterações no time com a saída de Léo Moura para entrar Rafael Galhardo.

O Tricolor foi buscando espaços pelas laterias e, aos 25, Luan recebeu na entrada da área, tentou avançar, mas foi derrubado por Juninho Quixadá. Falta para o Grêmio! A cobrança foi feita por Alisson, que explodiu a bola direto na barreira.

O jogo seguiu e os times fizeram mais substituições: saiu Luan e entrou Thaciano, no Grêmio, e saiu Wiliiam Oliveira para a entrada de Auremir.

A partir dos 33 minutos, a partida ficou travada, não passando do centro de campo. O Grêmio não tinha mais posse de bola e desperdiçava muitas jogadas. O Ceará também não buscava oportunidades.

A última substituição aconteceu ao 37 minutos, com a saída de de Tardelli para entrar André. Os times continuavam trocando passes, sem muita velocidade.

E terminou assim: o Grêmio avança e o Ceará vai ficando na lanterna.

Comentários

>