Valdir Espinosa: “Teremos que ser melhores ainda”


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

De olho em 2017, o Grêmio segue monitorando o mercado na busca por reforços para a disputa da Libertadores da América. A reapresentação do elenco para a pré-temporada não trouxe muitas novidades ao torcedor gremista. No entanto, o clube ainda pretende buscar jogadores de qualidade para fechar o grupo. É o que garante Valdir Espinosa, coordenador técnico tricolor. Em entrevista concedida ao programa Futebol Alegria do Povo, o multicampeão comentou sobre as expectativas para o ano que começou hoje no CT Luiz Carvalho.

“Nós fomos muito bem ano passado, o Grêmio conquistou um título e acabou um jejum de 15 anos. A partir de agora, teremos que ser melhores ainda e não nos acomodarmos com o título que foi ganho. Dificuldades maiores virão, não que a Copa do Brasil tenha sido fácil, não. Mas teremos uma Libertadores, um outro Campeonato Brasileiro, uma Copa do Brasil e um Campeonato Gaúcho, consequentemente, teremos que buscar melhorar. É, exatamente, entendendo que as dificuldades serão maiores, que nós vamos partir do princípio de que melhorar será fundamental para que atingir os objetivos, que são de novas conquistas”, declarou.

Questionado sobre o atacante Cristian Colmán do Nacional-PAR, Espinosa falou que o nome foi um dos tantos analisados pelo clube. “Por ter trabalhado no Cerro e, uma das minha funções é fazer este tipo de análise, entrei em contato com o pessoal do Paraguai. As informações são boas sobre ele. É um jogador com boa qualidade de definição. Então todas as informações que recebemos são passadas adiante para que se chegue a uma definição”, disse.

Espinosa afirmou estar preparado para ajudar o Grêmio durante a temporada 2017. “Pronto para colocar tudo aquilo que eu entendo correto, ou até de discussão, pois não sou o dono da verdade. Sempre estarei pronto para o ver o melhor para o Grêmio. Não é um profissional que fala isso. É um profissional que, além disso, é gremista. E como gremista, eu quero ver o Grêmio cada vez maior”, finalizou o ex-técnico campeão do mundo com o clube em 1983.

Confira a entrevista completa:

Comentários