Treinadores brilham e Grenal 412 termina empatado


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

A expectativa sobre o clássico Grenal 412 se confirmou dentro de campo, na Arena do Grêmio. Pouco mais de 45 mil torcedores assistiram ao confronto, que terminou empatado em 2×2. Com dois tempos totalmente distintos, Miller Bolaños, pelo lado tricolor, e Brenner, no Internacional, foram os destaques da partida.

O técnico Renato Portaluppi decidiu iniciar o jogo com Lucas Barrios no banco de reservas e, de última hora, Maicon ficou indisponível, dando oportunidade ao volante Michel. Zago, por sua vez, escalou D’Alessandro na equipe titular, acabando com o mistério feito durante a semana que antecedeu a sexta rodada do Campeonato Gaúcho.

O jogo

Tradicionalmente, o clássico é sempre disputado e muito truncado – dessa vez não foi diferente. Os primeiros instantes foram de disputa intensa no meio-campo. Logo aos 5 minutos, Pedro Rocha invadiu a área e sofreu pênalti duvidoso de Paulão, Vuaden nada marcou. O domínio do Grêmio era visível, a equipe azul dificultava a saída de bola do Inter, que não conseguia trocar passes no campo ofensivo. Em uma das raras subidas colorada, o time de Renato aproveitou o contra-ataque para abrir o placar. Ramiro acionou Pedro Rocha na esquerda, em velocidade. O atacante lançou Bolaños, que, livre, chutou no ângulo.

Ainda na primeira etapa, os mandantes chegaram diversas vezes, porém, sem efetividade. A única finalização do Inter no gol de Marcelo Grohe foi aos 40 minutos, quando Carlinhos cortou para a perna direita e, de fora da área, obrigou o goleiro a espalmar o chute.

No intervalo, Zago realizou duas alterações. Charles e Carlos saíram, enquanto Roberson e Nico López foram ao campo. Com apenas 10 minutos em campo, a nova formação tática trouxe resultados. Roberson tabelou com Brenner e finalizou rasteiro, no canto, e empatou o marcador. Dois minutos depois, Uendel achou Brenner na área gremista. O atacante, com tranquilidade, mandou por cobertura na saída de Grohe e virou o jogo.

A resposta de Renato foi imediata, Barrios entrou no lugar de Pedro Rocha para dar mais poder de finalização à equipe. Na sua primeira chance, cabeceou fraco e Danilo defendeu com tranquilidade. Aos 22 minutos, o comandante gremista colocou Fernandinho na vaga de Michel. No minuto seguinte, o camisa 21 recebeu na direita, cortou para o meio e disparou um chute muito forte. O goleiro colorado não conseguiu espalmar ele, e o placar voltou a ficar em igualdade.

A partir do último gol, o Internacional recuou, e viu o Grêmio avançar na busca pela vitória. Apesar disso, o resultado permaneceu o mesmo até o final.

Destaques

Miller Bolaños, novamente, articulou todas as jogadas e marcou o quarto gol na temporada. No lado vermelho, Brenner deu a assistência para o primeiro e fez o segundo – o sétimo em todas as competições deste ano.

 

Comentários