Torcedora agredida no Estádio Alfredo Jaconi fala com exclusividade à Rádio Grenal


Por: Valéria Possamai,

No último domingo, durante o desentediamento ocorrido dentro de campo no jogo entre Juventude e Internacional em Caxias do Sul houve confusão nas arquibancadas. Um torcedor do Juventude invadiu o gramado e furtou uma faixa da torcida organizada do Inter. Os colorados, ao reclamarem com os policiais militares sobre o episódio, foram recebidos com agressões, conforme relata a torcedora Juliane Oliveira, em entrevista exclusiva à Radio Grenal.

“A minha primeira reação foi ir para a divisória com a torcida do Juventude para pedir uma ação da Brigada. Nisso, veio um homem por trás de mim e deu uma cacetada no braço no esquerdo. Ele (policial militar) iria me acertar novamente, mas eu consegui me virar e uma outra pessoa me puxou. Eu ainda escutei ele se vangloriando por ter me acertado”, revelou a torcedora.

Ouça a entrevista na íntegra:

Em entrevista à Rádio Grenal na manhã nesta terça-feira, o subcomandante do 12° BPM de Caxias do Sul, Major Ubirajara, explicou a conduta da Brigada Militar. “As torcidas foram atrás da BM reclamando da retirada faixa. Solicitamos que eles fossem para trás da linha delimitada. Não tivemos nosso pedido atendido e realizamos a dispersão para causar menos risco de confusão”, afirmou o subcomandante.

Federação Gaúcha das Torcidas Organizadas emite nota de repúdio por confusões na arquibancada em Caxias

*Com informações da repórter Ana Aguiar

Foto:(Divulgação/S.C.Internacional)

 

 

Comentários

>