“Tenho confiança total que a gente vai conseguir a classificação”, diz Renato sobre Libertadores


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Na tarde desta sexta-feira (5), o técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, concedeu entrevista coletiva à imprensa. As perguntas se concentraram no desempenho ruim do clube na Libertadores 2019. Apesar de admitir que a equipe não está demonstrando o futebol esperado, ele afirmou: “Tenho confiança total que a gente vai conseguir a classificação”.

Ao ser questionado se sairia do Grêmio, Renato foi irônico com o jornalista e disse que responderia apenas por educação. “Não me passou pela cabeça pedir para sair do clube. Se eu tivesse disputado cinco competições e perdido as cinco, nesse ano, eu não pediria para sair, porque eu não abandono o barco nunca”, salientou ele.

Sobre a atuação criticada de Luan, Portaluppi disse que o jogador ficou muito tempo parado no ano passado. Ele ressaltou que o meia-atacante “encheu muito” para voltar, mas ainda não estava preparado. Segundo Renato, Luan ainda tem que fazer mais trabalhos físicos. Por isso, relatou ter conversado com o atleta nesta sexta, para que fique afastado dos gramados, porque querem “aquele Luan de volta”.

Renato se esquivou das críticas, que considerou exageradas: “Não queiram fazer tempestade em copo d’água”, declarou. E continuou mantendo seu discurso de que tem confiança no grupo e que trabalharão para melhorar. “Nosso ataque é muito bom, mas nem sempre vamos fazer gols. Tem horas que a bola não quer entrar”, constatou ele.

O Grêmio continua “vivíssimos nas competições”, conforme o comandante da equipe, que ainda relembrou aos jornalistas que o time possui a defesa menos vazada do Brasil. Ele afirmou que estão focados no jogo de domingo (7), às 16h, contra o São Luiz, pela Semifinal do Gauchão, e que só voltarão a pensar em Libertadores na segunda-feira (8).

 

Comentários