STJD nega recurso da dupla Gre-Nal e mantém punições as organizadas


Por: Valéria Possamai,

Em decisão proferida na noite desta quarta-feira, o presidente do STJD do Futebol, Paulo César Salomão Filho, esclareceu a situação da punição imposta as torcidas organizadas de Grêmio e Internacional. Ao negar o  pedido liminar e extinguiu o Mandado de Garantia solicitado pela Dupla, Paulo Salomão prestou esclarecimentos sobre a liberação e a venda de ingressos em jogos como visitantes.

No despacho, o presidente afirma que não se pode impedir que o Clube Mandante, que não foi parte do processo, coloque à venda todas as entradas disponíveis, ou proibir o ingresso de torcedores com as camisas de seus clubes, contanto que não haja identificação com relação a materiais ligados as torcidas organizadas.

Assim, fica a liberada a venda de ingressos por parte do clube mandante aos torcedores de Grêmio e Inter, quando na condição de visitantes, bem como, a entrada com a camiseta de seus clubes. A restrição se mantém quanto ao acesso das organizadas, que não podem ingressar nos estádios com material identificado. A punição imposta se mantém por seis jogos para ambos os clubes.

Em razão dos últimos episódios, como o problemas do acesso de torcedores do Grêmio no estádio Cristo Rei e a presença de colorados sem a camisa do Inter na partida contra o São José, o presidente em entrevista à Rádio Grenal ressaltou que houve excesso de zelo por parte dos dois clubes e citou erro de interpretação quanto a decisão.  Houve um excesso de zelo por parte de Grêmio e Inter nos seus torcedores por entrarem sem camisa dos clubes nos jogos fora de casa”.

 

 

Comentários

>