STJD confirma a adulteração de documentos por parte do Internacional

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) confirmou, na tarde desta quinta-feira (30), a adulteração dos e-mails durante o processo do “Caso Victor Ramos”, por parte do Internacional. Segundo o órgão, peritos analisaram e confirmaram a alteração na forma e conteúdo, assim como substração de palavras, textos, nomes, frases, assinaturas, letras e a indevida inserção de palavras.

Vitório Pífero, ex-presidente colorado, foi intimado a prestar esclarecimentos, junto com os advogados que defendem o clube de Porto Alegre. As oitivas estavam marcadas para a manhã de hoje, no entanto, Pífero não apareceu –  o STJD definirá a nova data para ouvir a cúpula. O caso não tem relação com o julgamento que será realizado pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), na próxima terça-feira (04).

Confira o texto na íntegra

“O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol vai remarcar a oitiva do ex-presidente do Internacional Vitório Piffero e dos advogados que defendem o clube, os quais foram intimados a prestarem esclarecimentos no inquérito que investiga a falsificação/uso de documento falso (e-mails) juntados pelo clube em Notícia de Infração contra o Vitória. As oitivas estavam agendadas para a manhã desta quinta, dia 30 de março, porém em petição encaminhada para o Presidente do inquérito, Auditor Mauro Marcelo de Lima e Silva, os intimados não compareceram alegando problema de saúde e compromissos profissionais. Ainda não foi definido novo dia e horário para serem ouvidos.

As oitivas serão remarcadas devido a necessidade de esclarecer fatos importantes. Vitório Piffero era o presidente do clube quando o processo foi iniciado no STJD contra uma suposta escalação irregular do atleta Victor Ramos, na época jogador do Vitória.

As oitivas foram agendadas para a data de hoje após Mauro Marcelo ter finalizado a parte investigativa do inquérito e recebido os laudos/pareceres elaborados por peritos de São Paulo e Rio de Janeiro, que comprovaram a falsificação de parte dos e-mails inseridos em processos de interesse do Inter, tais como adulterações de: “forma e conteúdo, subtração de palavras, textos, nomes e frases, além de inserção indevida de palavras, letras e assinaturas, modificações essas de conteúdo capazes de descaracterizar o seu sentido original”.

Ainda não foi agendado novo dia e horário para as oitivas.”

Link oficial:

https://www.stjd.org.br/noticias/inquerito-inter-oitivas-serao-reagendadas

Comentários