“Somos figuras públicas e devemos ajudar sempre que é possível”, diz Lucas Barrios após participar de ações sociais na capital

Foto: Pérsio Ciulla/Divulgação

De Buenos Aires, na Argentina, Lucas Barrios participa das ações sociais no Brasil em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus. Em parceria com o Instituto Desejo Azul, o ex-centroavante do Grêmio realizou nesta sexta-feira (08) a doação de 145 cestas básicas e 600 máscaras de proteção, além de 145 kits com materiais de limpeza, ao Centro de Reabilitação de Porto Alegre (CEREPAL). A instituição, localizada na Zona Norte da capital, trabalha na assistência a crianças em recuperação de lesões cerebrais e repassará os donativos às famílias dos pacientes.

“A gente entende que, fora de campo, também tem um papel com a sociedade. Somos figuras públicas e devemos ajudar sempre que é possível. Neste momento de crise mundial, a necessidade cresce. Por menor que seja a ajuda, sempre faz diferença pra alguém. Não fazemos por visibilidade, senão que pra contagiar a que outras pessoas também façam, participem e se envolvam. Se de alguma forma pudermos dar exemplo e isso mobilizar mais gente, nosso esforço já valeu”, considera o atleta, hoje treinado por Diego Maradona no Gimnasia y Esgrima.

Campeão da América e artilheiro da equipe gremista em 2017, com 18 gols, Barrios destaca também a relação contínua com Porto Alegre. “Tem um valor afetivo muito importante para mim (a relação). Fui muito bem recebido na cidade e pela torcida e, felizmente, as coisas dentro de campo aconteceram bem. Conseguimos conquistar o tri da América com um grupo fantástico e aquilo é inesquecível na minha carreira. Então me sinto convocado a, de alguma forma, ajudar agora”, encerra.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Caixinha do bem: jogadores do Grêmio mobilizam auxílio financeiro para funcionários
Comissão de Médicos da CBF diz que Grêmio é exemplo em ação protetiva
Deixe seu comentário