Sob muita chuva, o Grêmio goleou o Botafogo por 4 a 0 pelo Brasileirão

Após a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores da América, na última terça-feira (28), o Grêmio entrou em campo neste sábado (1º), agora pelo Campeonato Brasileiro, para enfrentar o Botafogo, em partida válida pela 22ª rodada da competição. Fez bonito e venceu o time visitante pelo placar de 4 a 0.

O jogo começou bom para o Tricolor, que se impôs sobre a equipe carioca. Logo no início teve um pênalti a seu favor, quando Luan chutou e a bola explodiu no braço de Carli, dentro da área. Na cobrança, Jael mandou no meio, balançando as redes e abrindo o marcador, aos 11 minutos.

Ainda no primeiro tempo, o técnico Renato Portaluppi promoveu sua primeira alteração. Aos 16 minutos, tirou Maicon, com uma lesão na coxa, para colocar Alisson. O Grêmio seguiu bem na partida e colocou uma bola no travessão com Jael. Foi dele também o segundo gol. Aos 44, o centroavante recebeu um cruzamento de Cícero, na medida, dentro da área, dominou no peito e chutou, estufando, de novo, as redes cariocas.

Na etapa complementar, os gremistas seguiram superiores. Aos 15 minutos, Alisson recebeu uma bola de Luan, girou e chutou cruzado de fora da área, sem chances de defesa do arqueiro carioca, marcando o terceiro gol.

As outras duas alterações foram feitas e Jael e Cícero deixaram o campo para a entrada de André e Douglas, respectivamente.

O Grêmio teve mais um pênalti a seu favor, quando André tentou um cruzamento dentro da área e a bola explodiu no braço de Carli, novamente. Na cobrança, o centroavante chutou bem, no canto direito de Saulo, que não conseguiu a defesa, aos 30 minutos. Grêmio 4 x 0 Botafogo. Com o resultado, o Tricolor soma três pontos, chega a 40, assumindo momentaneamente a quarta colocação.

Primeiro Tempo

O Botafogo chegou logo aos 2 minutos, com Matheus Fernandes pela ponta direita, mas ao tentar o cruzamento, a zaga gremista cortou a escanteio. Já o Grêmio buscou responder em contra-ataque. Luan acionou Jael, no meio, que abriu para Léo Moura. O lateral recebeu, mas ao invadir a área, trombou com o defensor.

O Grêmio chegou com um cruzamento na área, perigoso, mas a zaga cortou de cabeça, conseguindo afastar para os cariocas. Outra oportunidade foi em cobrança de falta. Luan cobrou, Cícero cabeceou, mas por cima.

Aos 8 minutos, o Tricolor teve um pênalti a seu favor. No lance, Yago recuou errado para Saulo, que afastou. Na sobra, Luan chutou e a bola explodiu no braço de Carli, que acabou amarelado por cortar o lance com a mão. Na cobrança, Jael chutou no meio, mandando para o fundo das redes e abrindo o marcador na Arena, com 11 minutos de bola rolando.

Dois minutos depois, o Botafogo tentou responder com um escanteio cobrado. No lance, Carli cabeceou e esbarrou em Geromel, mas a jogada foi regular.

Uma chance perigosa do time adversário nasceu aos 19 minutos, quando Valencia, em cobrança de falta, colocou a bola na área. A defesa afastou, mas Moisés pegou a sobra e cruzou na área, fechado. Paulo Victor defendeu.

O Tricolor chegou novamente com perigo aos 22. Everton fez jogada individual e serviu Cortez. O lateral tentou fazer um cruzamento para Jael, que não alcançou, e a bola saiu a escanteio.

Em contra-ataque rápido, Geromel fez um lindo lançamento para Alisson, que saiu em velocidade pela direita, e na entrada da área, fez um cruzamento para Everton. O atacante tentou o domínio, mas a bola foi forte demais.

Aos 29, o Botafogo tentou com Léo Valencia, que cobrou falta da entrada da área, mas a bola explodiu na barreira. O Grêmio respondeu no lance seguinte, em contra-ataque. Luan desceu pela esquerda após passe de Everton, invadiu a área, mas acabou cortado pela zaga.

Outra oportunidade saiu dos pés de Jael, aos 31, que recebeu um cruzamento no meio e chutou colocado. A bola explodiu no travessão.

Aos 40, em novo contra-ataque, Everton chutou forte de fora da área, mas o goleiro Saulo conseguiu a defesa, sem rebote.

O segundo gol gremista nasceu aos 44 minutos, novamente dos pés de Jael. O centroavante recebeu um cruzamento de Cícero, na medida, dentro da área, dominou no peito e chutou, estufando de novo as redes cariocas.

Segundo tempo

Logo nos minutos iniciais, o Grêmio teve uma oportunidade a seu favor. Luan cobrou em cima da barreira, a bola voltou a Cícero que arrematou, mas Saulo se jogou para fazer a defesa, salvando os cariocas do terceiro gol.

O Botafogo também teve falta a seu favor. Marcinho ergueu na área, mas a bola foi afastada pela zaga tricolor.

Aos 7, Everton recebeu na esquerda e tentou cruzar para Jael, mas a zaga cortou. Na sobra, o atacante chutou e mandou no poste. Por detalhe a bola não entrou. O Botafogo esboçou reação, com Valencia, que acionou Brenner. O atacante chutou, mas acabou bloqueado já dentro da área, por Ramiro.

O Grêmio chegou ao terceiro gol aos 15 minutos, com Alisson. O atacante recebeu um grande passe de Luan, na meia direita, girou e chutou cruzado de fora da área, sem chances de defesa do arqueiro carioca.

O time adversário tentou responder pela direita, com Marcinho, mas ao cruzar na área, Kannemann afastou.

Aos 21, mais uma chance gremista. Everton recebeu lançamento, avançou e chutou, mas o goleiro defendeu bem.

O Grêmio teve mais um pênalti a seu favor, quando André tentou cruzamento dentro da área e a bola explodiu no braço de Carli, novamente. Na cobrança, o centroavante chutou bem, no canto direito de Saulo, que não conseguiu a defesa, aos 30 minutos.

Na reta final da partida, o Grêmio ainda buscava o quinto. Primeiro, Ramiro fez um ótimo lançamento para Luan, mas em função do campo pesado pela forte chuva, o camisa 7 não chegou a tempo e Saulo defendeu. Em seguida, André foi acionado na área, mas não alcançou a bola.

 

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Inter enfrenta o Cruzeiro pelo Brasileirão neste domingo
O Inter empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro e se mantém na vice-liderança do Campeonato Brasileiro
Deixe seu comentário