Sem dificuldade, Grêmio vence o Sindicato dos Atletas


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

O primeiro compromisso do Grêmio, durante a pré-temporada 2017, foi contra a equipe do Sindicato dos Atletas. Na tarde desta segunda-feira (23), o tricolor venceu por 7×0 o jogo-treino, que aconteceu no CT Presidente Luiz Carvalho.

O técnico Renato Portaluppi mandou ao campo o mesmo time que encerrou o ano passado, com exceção aos titulares Marcelo Grohe, Edílson, Kannemann e Douglas, que, junto com Léo Moura, realizaram trabalhos com bola no gramado anexo. Bruno Grassi, Léo Gomes, Rafael Thyere, Pedro Geromel, Marcelo Oliveira, Walace, Maicon, Ramiro, Miller Bolaños, Pedro Rocha e Luan foram os atletas que iniciaram a partida.

Com domínio total do jogo e muita intensidade nas trocas de passes, abriu o placar logo aos 17 minutos. Luan achou Pedro Rocha livre na esquerda. O atacante recebeu e, de canhota, chutou forte, sem chances para o goleiro. Dois minutos mais tarde, Maicon lançou Bolaños. O equatoriano saiu livre nas costas da defesa, driblou o goleiro e o zagueiro. O gol ficou aberto e ele apenas empurrou para marcar o segundo. Aos 35, Pedro Rocha recebeu em profundidade e, de frente para o arqueiro, marcou com uma bela cavadinha. Segundo gol do jovem que marcou duas vezes, também, no jogo de ida da final da Copa do Brasil 2016.

No intervalo, o comandante gremista alterou todo o time. Léo, Wallace Oliveira, Iago e Jaílson e Kaio improvisados no miolo da zaga, formaram o sistema defensivo. Arthur, Lincoln, Maxi Rodríguez, Everton, Fernandinho e Batista completaram a equipe.

Apesar das dificuldades iniciais, por se tratar dos reservas, o Grêmio conseguiu chegar ao quarto gol logo aos 11 minutos. Maxi roubou a bola no campo de ataque e passou para Batista. O garoto driblou o goleiro e só teve o trabalho de mandar para as redes. Cinco minutos depois, Fernandinho se enrolou com a defesa do Sindicato. A bola sobrou para Batista novamente e, com um chute no alto, marcou o segundo gol na partida, quinto do Grêmio. Aos 30 minutos, Renato colocou em campo Yuri Mamute e o sul-africano Ty, nos lugares de Batista e Arthur respectivamente. Em cobrança de falta perfeita, Maxi Rodríguez, aos 35, ampliou o placar. Dois minutos mais tarde, Mamute puxou contra-ataque pela esquerda e lançou Everton. Livre e com muita calma, o atacante ameaçou o chute, esperou o goleiro cair e fechou o placar.

Ficha técnica:

Grêmio 7 x 0 Sindicato dos Atletas

Escalações

Grêmio:

  • 1º tempo: Bruno Grassi, Léo Gomes, Rafael Thyere, Pedro Geromel, Marcelo Oliveira, Walace, Maicon, Ramiro, Miller Bolaños, Pedro Rocha e Luan;
  • 2º tempo: Léo, Wallace Oliveira, Jaílson, Kaio, Yago, Arthur (Ty), Lincoln, Fernandinho, Maxi Rodríguez, Everton e Batista (Yuri Mamute)

Sindicato dos Atletas:

Jonathan, Bastos, Márcio, Ito, Ivan, Christian, João, Anderson Oliveira, Lucas Liz, Douglas Tuta e Anderson Ribeiro

Árbitro: Everton Espíndola Monteiro

 

Comentários