Rodrigo Dourado: “Quero ser responsável pela volta à Série A”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Os treinos realizados pelo novo técnico Antônio Carlos já apontam a possível equipe titular do Internacional para o início da temporada e, apesar das pequenas alterações diárias, Rodrigo Dourado sempre permanece no time. O escolhido para participar da entrevista coletiva de hoje foi, justamente, o volante.

“Nosso ano vai ser diferente, o Inter nunca tinha vivido isso, nunca tinha caído de divisão. A pré-temporada é quase a mesma todos os anos, com muita intensidade nos primeiros treinos. Esses primeiros dias têm sido bem fortes para ganhar na parte física. A gente espera fazer um grande ano”, comentou Dourado.

Sobre as especulações de uma possível saída, e a declarada intenção de não permanecer no Beira-Rio, do lateral William, o jovem jogador afirmou ser algo normal. “É normal quando abre a janela, até fechar, vai ter sondagens. Isso é normal. Mas eu estou feliz no Inter, quero permanecer. Me sinto responsável junto com o grupo pelo rebaixamento, e quero ser responsável pela volta à Série A. Falar do William é difícil. É um homem. Já sabe o que quer da carreira dele e têm pessoas que agenciam ele também. A gente fica só esperando para ver o que vai acontecer com ele”, falou.

Desde que iniciou no Internacional, Rodrigo Dourado variou de posicionamento algumas vezes. Quando questionado, declarou estar disposto a jogar na posição que Antônio Carlos escolher. “Hoje em dia, no futebol, não existe mais primeiro ou segundo volante. Nos primeiros dias que chegamos, o Zago já reuniu todos os volantes e falou a mesma coisa. São dois volantes que têm que jogar lado a lado. No que ele precisar, eu vou estar à disposição”, finalizou o camisa 13.

Confira a entrevista coletiva:

Comentários