Rafael Henzel: “Foi um ano de várias frentes que a Chapecoense teve que trabalhar. Foi muito mais que classificar para a Libertadores, houve uma reaproximação das famílias. Hoje, é claro, o pessoal termina com chave de ouro essa temporada de 2017”.

No Conversa de Arquibancada o jornalista Rafael Henzel, narrador na Rádio Oeste Capital e sobrevivente do acidente de Chapecó, foi entrevistado e comentou sobre o encerramento de temporada da Chapecoense que terminou classificada para a Libertadores além do título virtual do segundo turno do campeonato.

Para o jornalista ver a Chapecoense terminar o campeonato em oitavo lugar foi algo espetacular, já que a equipe teve recomeçar a trabalhar ainda sem estar totalmente reconstruída no dia 9 de janeiro. Henzel ainda lembra, que a primeira reunião da Chape após o acidente, teve a presença de apenas quatro pessoas para estruturar a remontagem da equipe.

O ano na visão de Rafael Henzel foi ainda mais do que se classificar para a libertadores, e sim um momento de reaproximação das famílias. Foi um ano que o clube atuou em várias frentes e que agora foi recompensado ao terminar com chave de ouro a temporada de 2017.

Confira a entrevista completa:

Comentários