Pela Copa do Brasil, o Grêmio venceu o Juventude por 3 a 0 e está nas quartas de final

O Grêmio venceu por 3 a 0 o Juventude, na noite desta quarta-feira (29), e decidiu: está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Só a vitória importava, já que os times gaúchos empataram no jogo de ida, em Caxias do Sul. Porém, com dois de Felipe Vizeu e um de Diego Tardelli, não deu para o Ju e o Tricolor garantiu a vitória na Arena em Porto Alegre.

Para o lugar de Alisson, lesionado, nem Thaciano, nem Pepê: Vico foi a escolha do técnico gremista Renato Portaluppi. Porém, o desempenho dele não surpreendeu. Participou muito, mas com pouca qualidade. Outro destaque da escalação do time da casa foi Vizeu na titularidade do comando do ataque, que mostrou que merecia a vaga. Rodriguez seguiu ao lado de Geromel na zaga e mostrou bom desempenho.

No Juventude, a condição física de Dalberto era dúvida, mas ele entrou em campo. Já John Lennon desfalcou a equipe de Caxias, sentindo a coxa. A equipe tentou, mas não conseguiu marcar, novamente.

O jogo começou muito disputado. Já na metade do primeiro tempo, o Grêmio chegava bastante, mas não finalizava bem. A inexperiência de Vico fez com que ele deixasse de abrir o placar em mais de uma oportunidade, durante os minutos iniciais. Aos 14, Jean Pyerre fez um belo passe de calcanhar para o lateral, que perdeu o tempo da bola e não conseguiu abrir o placar para o Tricolor.

Aos 21 minutos, lance duvidoso de mão na bola fez com que o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães acionasse o VAR (árbitro de vídeo): pênalti para o Grêmio e cartão amarelo para João Paulo. Jean Pyerre é quem foi para a cobrança e o goleiro pegou. Quando o relógio marcava os 30 minutos, Geromel cometeu falta na entrada da área pela direita e a equipe visitante trouxe perigo para a meta de Paulo Victor. Após a cobrança, a bola ficou na área, mas o goleiro gremista salvou na primeira tentativa e, no rebote, Geromel tirou.

Aos 39, Felipe Vizeu mostrou seu papel como titular no time de Portaluppi. Juninho Capixaba cruzou pela direita e Vizeu marcou de cabeça. 1 a 0 para o Tricolor! A equipe gremista continuou atacando. Os últimos minutos da etapa inicial foram de chegadas do Tricolor e contra-ataques do time de Caxias. Depois dos cinco de acréscimos dados pela arbitragem, terminou assim o primeiro tempo.

No intervalo, Vico, que não apresentava bom desempenho, deu lugar a Pepê. O Grêmio demorou um pouco para se organizar no início da etapa complementar. Aos 7 minutos, o segundo cartão amarelo da partida, desta vez para Sidimar. A triangulação entre Pepê, Vizeu e Éverton assustou Marcelo Carné, já aos 12, mas o goleiro pegou. Um minuto depois, outro cartão: para o capitão do time da casa, Maicon. Marquinhos decidiu trocar, colocando Breno no lugar de Braian Rodriguez, para tentar descontar.

Porém , não dava para o Juventude. E piorou ainda mais, com a entrada de Thaciano, no lugar de Jean Pyerre, entrando com muita qualidade. Aos 23, Vizeu chegou, de novo, após tabela entre Thaciano e Maicon e cruzamento pela direita. Grêmio 2 a 0.

A equipe gremista seguiu com vontade de aumentar o marcador. Já a equipe de Caxias, parecia ter perdido o ritmo. Aos 27 minutos, Vizeu saiu muito aplaudido, para a entrada de Tardelli. E era nessa posição que estava o encanto. Apenas 10 minutos depois, após outro cruzamento de Thaciano, Tardelli marcou o dele. Grêmio 3, Juventude 0. Mesmo com os três minutos de acréscimo, mais um, dado após os 48 de partida, o placar seguiu assim.

Com a vitória, o Grêmio garantiu a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. O próximo compromisso do Tricolor será no sábado (1º), contra o Bahia, pelo Brasileirão, às 19h, na Arena Fonte Nova.

Ficha técnica

Grêmio: Paulo Victor, Geromel, Rodriguez, Leonardo, Maicon, Juninho Capixaba, Michel, Jean Pyerre (Thaciano), Vico (Pepê), Everton e Felipe Vizeu (Diego Tardelli). Técnico: Renato Portaluppi.

Juventude: Marcelo Carné, Vidal, Genilson, Sidimar, João Paulo, Eltinho, Braian Rodriguez (Breno), Moisés (Aprile), Dalberto, Denner e Bruno Alves (Paulo Sérgio). Técnico: Marquinhos Santos.

Arbitragem: Wagner do Nascimento (RJ), auxiliado por Emerson Augusto (SP) e Bruno Boschilia (PR). Árbitro de vídeo (VAR): Pathrice Wallace (RJ).

 

 

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Internacional vence o Paysandu por 1 a 0 em Belém e avança às quartas de final da Copa do Brasil
Após vitória do Grêmio, Portaluppi elogia Vizeu e comenta possível saída de Everton: “É o melhor jogador brasileiro”
Deixe seu comentário