Paulo Miranda volta a ser ausência e Grêmio deve ter zaga improvisada contra o Ju; Marinho segue como dúvida


Por: Valéria Possamai,

O Grêmio segue com dúvidas para a primeira partida contra o Juventude, pelas quartas de finais do Gauchão. Para o jogo deste domingo, no estádio Alfredo Jaconi, a tendência é que o técnico Renato Portaluppi terá que recorrer novamente a uma improvisação na zaga.  No ataque, a equipe também pode ir à campo com novidades.

Neste sábado, no último treino antes do duelo, o zagueiro Paulo Miranda não estava no campo, quando os portões foram abertos à imprensa. A primeira parte do treino foi realizada sem a presença dos jornalistas. Com a ausência do zagueiro, o time deve ter novamente, uma dupla de zaga reserva. Geromel, com edema na coxa e Kannemann, que está com a Seleção Argentina, são desfalques já confirmados.

Assim, a tendência é que Michel seja utilizado novamente ao lado de Marcelo Oliveira.

Com a utilização de Michel na defesa, fica aberto uma vaga no meio-campo, onde Matheus Henrique e Thaciano brigam pela posição.

Outra ausência no treino recreativo foi Marinho. No trabalho desta sexta-feira, o atacante também não participou do trabalho no campo. Em uma das formações que treinavam na atividade, Montoya era utilizado na posição, que tinha no comando de ataque, o centroavante André.

Everton, que está com a Seleção Brasileira, é desfalque para esta fase do Estadual.

Assim, a provável escalação do Grêmio para enfrentar o Juventude, tem: Paulo Vitor ; Leonardo, Michel, Marcelo Oliveira, Bruno Cortez ; Thaciano, Maicon, Montoya, Luan e Pepê (Tardelli); Felipe Vizeu (André).

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários

>