Patrick relembra momento em que chegou ao Internacional e afirma: “Sabia que era um clube gigante”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

*Por Bárbara Assmann

 

O volante Patrick chegou ao Internacional no final de 2017, ano em que o clube gaúcho estava retornando à primeira divisão do Brasileirão. Agora, quase dois anos depois, a equipe colorada está em outro momento – muito bom, por sinal. O volante chegou a sofrer algumas controvérsias nesta temporada, ficando como reserva de Nonato. Porém, quando chegou ao clube, ele sabia da grandeza. “Quando surgiu a oportunidade de vir, o Inter estava subindo da segunda divisão. Não tive dúvidas que isso aconteceria, porque sabia que era um clube gigante”, afirmou.

Trabalho e exigências fizeram com que o Inter recuperasse a força e voltasse a jogar em grandes competições — chegando a semifinal da Copa do Brasil e quartas da Libertadores. “A gente recuperou essa força do Internacional. Trabalhamos muito e agora chegamos aqui. Sempre tive confiança no grupo”, destacou.

Com isso, a preparação para os jogos ficou mais intensa. “Precisamos nos preparar e descansar para fazer um bom jogo”, confirmou o jogador. Ele também comentou sobre os desfalques no meio de campo por conta dessa sequência de jogos. “São jogadores muito importantes e quando um fica de fora já é difícil. Mas acredito que até quarta-feira volte alguém”, comentou.

Mas não dá para esquecer do Brasileirão, competição que Odair vem utilizando time alternativo. Patrick afirma que o grupo, independentemente da competição, joga para valer. “”É difícil se desligar sabendo das decisões que temos pela frente. Mas a gente vai para cada partida como se fosse o último jogo do campeonato”, afirmou.

(Foto: Rádio Grenal)

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas 

Comentários

>