Pai de Fernando Ovelar fala sobre emoção ao ver filho realizar sonho no futebol aos 14 anos


Por: Valéria Possamai,

O clássico paraguaio entre Olimpia e Cerro Porteño ganhou um capítulo à parte, neste domingo. Muito mais que rivalidade entre as equipes, a partida foi marcada pela atuação de um jogador em especial. Fernando Ovelar, de apenas 14 anos, em sua segunda partida como profissional marcou seu primeiro gol, deixando uma marca histórica no estádio Defensores del Chaco.

Em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, Fabian Ovelar, pai do garoto de 14 anos, falou sobre a emoção por ver a repercussão da atuação do filho, que se tornou o jogador mais novo da história a marcar gol pelo Campeonato Paraguaio (veja o gol abaixo). “Estavámos presentes com toda a família quando ele marcou o gol, contra o Olímpia. Fiquei muito contente. Felicidade pura. É difícil de assimilar, pois tudo está passando muito rápido”.

Durante a participação ao programa Grenal Futebol Clube, da Rádio Grenal, Fabian deu detalhes sobre algumas características da jovem estrela, que está apenas na segunda partida pelo time profissional do Cerro Porteño.

“Ele é um meia-atacante que joga pela esquerda. Desde muito pequeno, sempre teve o sonho de fazer parte de uma equipe da primeira divisão. Agora, com 14 anos, já alcançou”.

A joia que também faz parte da seleção sub-15 do Paraguai, tem entre os seus ídolos, uma referência do futebol brasileiro. “Ele gosta muito do Messi e do Ronaldinho. Pela técnica e comportamento humano em campo, é o Ronaldinho é uma referência”, revelou o pai em entrevista ao repórter Paulo Nunes.

Por conta da idade, Fernando Ovelar atua pela equipe através de um acordo proporcionado pelo Cerro Porteño. O destaque “precoce’ do filho, que ganhou destaque nos principais sites de notícia do mundo, também é uma das preocupações de Fabian Ovelar. O assunto futebol ganhou uma dimensão maior nas conversas entre pai e filho: “Sempre conversamos e falamos sobre o clube. Também sobre formas de se comunicar com os companheiros e aprender com eles”.

A profissão do filho promoveu ainda uma mudança no espírito torcedor pai. Além do futebol de Fernando Ovelar, o Cerro Porteño ganhou um apoiador em especial. “Na verdade, não sou torcedor do Cerro Porteño, mas agora vou apoiar 100%”, contou Fabian Ovelar, que é torcedor do Guarani.

Foto: (Divulgação/Cerro Porteño)

 

Comentários