”Alguém vai perguntar sobre a minha folga?”, questionou Portaluppi

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A coletiva após o treinamento de hoje no CT Luiz Carvalho iniciou de forma inusitada. Quem fez a primeira pergunta da tarde foi o próprio treinador, Renato Portaluppi. ”Alguém vai perguntar sobre a minha folga?”, questionou o comandante aos presentes na sala de imprensa. Na sequência, Renato complementou o seu ponto de vista.

”A folga, ela é dada por mim, os jogadores mereceram a folga e o Grêmio não foi o único time no Brasil. E tem muita gente se preocupando onde o Renato vai na folga. E eu acho que esse pessoal não tem família. A minha folga eu vou pra onde eu quero. Qualquer lugar do mundo. Folga é folga. Então as pessoas tem que parar de ficar cutucando, perguntem para mim. E eu vou já adiantando: Toda a folga que eu tiver eu vou para o Rio de Janeiro”, finalizou.

O técnico também reafirmou o compromisso em buscar a vitória contra om São Paulo na próxima rodada do campeonato Brasileiro.

”O meu maior problema até a final será colocar na cabeça dos jogadores que tem que jogar contra o São Paulo e o América. Então por mais que eu coloque na cabeça que eles precisam jogar, são jogos difíceis, eu não sei qual será a reação deles dentro de campo.  A gente está em busca de uma boa colocação no Campeonato Brasileiro, uma vaga na Libertadores via Brasileirão”, disse.

Acompanhe a coletiva:

Voltar Todas de Brasileiro

Compartilhe esta notícia:

Com Walace Reis na zaga, Grêmio segue preparação para pegar o São Paulo
Brasil tem o Peru pela frente para confirmar a classificação
Deixe seu comentário