Fora de casa, o Grêmio venceu o Atlético-MG por 1 a 0 pelo Brasileirão

O Grêmio venceu por 1 a 0, neste sábado (03), o Atlético-MG na Arena Independência, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado por Geromel, aos 2 minutos da primeira etapa. Renato Portaluppi escalou um time misto para a partida. Após o jogo, a Conmebol anunciou que rejeitou o pedido do Grêmio e manteve o River Plate na final da Libertadores da América.

Com o resultado, o Tricolor gaúcho se manteve na quinta posição da tabela, agora 55 pontos, enquanto o Atlético-MG ficou em sétimo, com 46 pontos.

Primeiro tempo

Logo aos 2 minutos de jogo Geromel marcou para o Grêmio. Outra chance tricolor nasceu em cobrança de falta, aos 7. Jean Pyerre alçou na área, Paulo Miranda desviou de cabeça, mas estava em posição irregular.

A equipe mineira tentou com um cruzamento feito por Emerson para Ricardo Oliveira, mas bola foi muito forte e se perdeu pela linha de fundo. Minutos depois, Chará tentou a finalização de dentro da área, pela direita, mas Bruno Cortez fez o corte.

Aos 12 minutos, depois de um bate, rebate na área gremista, a bola sobrou para Galdezani, que arrematou de primeira a gol, obrigando Paulo Victor a fazer boa defesa. Três minutos depois, mais uma vez, o meia recebeu, abriu espaço e finalizou de longa distância; a bola saiu à esquerda do arqueiro gremista.

Já aos 19 minutos, o Atlético levou mais perigo com um cruzamento da esquerda. Elias recebeu e desviou, mas pegou mal, mandando pela linha de fundo.

Aos 28 minutos, o Grêmio quase ampliou. Everton foi acionado por Paulo Miranda, invadiu a área pela esquerda e chutou, mas Victor defendeu. No rebote, Michel mandou de primeira, mas a defesa conseguiu afastar.

Uma nova chance veio em escanteio, aos 32 minutos. Jean Pyerre cobrou, colocando a bola no segundo poste. Geromel subiu e cabeceou, mas mandou pra fora.

Aos 35 minutos por pouco os mineiros não conseguiram o empate. Depois de uma jogada pela direita, houve uma confusão na área, a bola ficou viva e Geromel conseguiu salvar o lance em cima da linha, afastando de cabeça a finalização de Fabio Santos.

Aos 42 minutos o Grêmio teve uma falta da intermediária. Jean mandou na área, mas Victor saiu para fazer a defesa.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação, e o primeiro lance de perigo foi adversário; Emerson fez um cruzamento da direita, a bola bateu em marcador e sobrou para Elias, que chutou, mandando nas mãos de Paulo Victor.

Já aos 4 minutos, Everton ganhou pela direita e deu passe para Ramiro, que cruzou. No lance, Jean Pyerre subiu para cabecear, mas não alcançou.

Os mineiros chegaram aos 8 minutos com uma falta cobrada por Galdezani. Ele mandou direto, obrigando Paulo Victor a afastar de soco. Em seguida, a bola chegou a Ricardo Oliveira, dentro da área. O atacante chutou, mas em cima de Geromel.

O Galo ameaçou aos 16 minutos. Chará acionou Terans na pequena área, mas o meia dividiu com Paulo Victor, cometendo falta de ataque. Aos 23, Jael recebia livre na entrada da área, ficando a frente de Victor, mas o lance foi anulado por impedimento. Aos 27, Jael lançou Pepê na esquerda, que recebeu e cruzou, mas a zaga cortou o lance pela lateral.

Uma grande chance nasceu aos 30 minutos. Pepê recebeu dentro da área e cruzou para trás. Alisson desviou, mas Victor conseguiu a defesa parcial. A bola ia entrando, quando Fabio Santos alcançou e tirou de cabeça. Em seguida, foi a vez de Jean Pyerre passar bem pela marcação, e chegar na área, mas aí Victor defendeu novamente.

O Galo chegou de novo com Cazares colocando a bola área. Leonardo Silva desviou no segundo poste, mas Geromel fez o corte. O Atlético seguiu pressionando nos minutos finais. Fábio Santos ergueu na área, mas Bruno Cortez e Matheus Henrique conseguiram interceptar o lance.

Aos 41, Jean Pyerre recebeu uma bola na intermediária e arriscou, chutando rasteiro. A bola passou perto do gol.

Atlético-MG – Técnico Levir Culpi

Victor, Leonardo Silva, Fábio Santos, Emerson, Galdezani (Denílson), Adilson, Maidana, Terans (Cazares), Elias, Chara e Ricardo Oliveira (Leandrinho).

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Paulo Victor, Leonardo, Geromel, Paulo Miranda, Cortez, Michel, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Ramiro (Alisson), Everton (Pepê) e Jael (Thonny Anderson).

 

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Grêmio encara neste sábado o Atlético-MG, em duelo fundamental para os planos do Tricolor na reta final do Brasileirão
A Conmebol rejeitou o pedido do Grêmio e manteve o River Plate na final da Libertadores da América
Deixe seu comentário