Luan sente problema no pé direito e vira preocupação para o duelo contra o River


Por: Valéria Possamai,

Além do revés contra o Palmeiras, o Grêmio pode ter ganho um prejuízo a mais em São Paulo. Durante a partida deste domingo, Luan precisou ser substituído aos 26’ do segundo, com dores no pé direito e deixou o campo mancando. O camisa 7 voltou a sentir um problema de fascite plantar e irá passar por exames médicos na chegada a Porto Alegre.

O problema de fascite plantar não é algo novo na vida do atacante. Em 2015 e 2016, o jogador sofreu da mesma inflamação na sola do pé direito. Ainda neste ano, Luan também teve o mesmo diagnóstico. No início do Campeonato Brasileiro deste ano chegou a ser desfalque no time na abertura do torneio e no jogo contra o Cerro Porteño, na Libertadores, também pelo mesmo problema, só que no pé esquerdo.

Ao término do jogo, o técnico Renato Portaluppi mostrou preocupação com o quadro do atleta. O comandante ainda revelou que Luan vem sofrendo frequentemente com dores no pé. “Lógico que preocupa também o Everton e o Luan. Mas não só os dois, temos outros no departamento médico e estamos sem seis que vinham jogando. Não dependemos apenas do Luan ou Everton, são jogadores importantíssimos, mas vamos procurar recuperar os outros do departamento médico, para que a gente esteja nessa reta final de Brasileiro e na Libertadores com força máxima”, disse o treinador.

Além da situação de Luan, o Grêmio já convive com cinco jogadores no Departamento Médico. Grohe, Bruno Cortez e Léo Moura, tem chances de estarem recuperados já no próximo duelo contra o América-MG, no enfrentamento que ocorre no sábado, no estádio Independência. Já Ramiro e Everton seguem em processo de recuperação, para estar à disposição contra o River.

Com a derrota nesta rodada, o tricolor gaúcho estacionou nos 51 pontos, ficando na 5ª colocação. Na próxima rodada, o time encara o América-MG, fora de casa, na abertura da 30ª rodada. Na terça-feira seguinte, o Grêmio tem o primeiro duelo pelas semis da Libertadores, contra a equipe argentina, em Buenos Aires.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários