Luan faz treino com bola e pode voltar a ser opção para Renato; dúvida segue na lateral-esquerda


Por: Valéria Possamai,

A atividade no Grêmio desta quarta-feira trouxe boas notícias para o técnico Renato Portaluppi. Luan voltou a treinar com bola e deve ficar à disposição novamente do time. Maicon, Michel, Thaciano e Maicon também treinaram normalmente. A dúvida do time fica na lateral-esquerda.

O trabalho desta tarde esteve dividido em duas etapas. Na primeira parte, Renato comandou um treino tático de defesa contra ataque, seguido de atividades de finalização. Nesta parte, Luan, Thaciano e Maicon trabalharam com a comissão médica.

Posteriormente, em uma atividade coletiva em campo reduzido, o trio treinou normalmente com bola, assim como Michel, que ficou de fora do treinamento de ontem. Alisson, ausência nas últimas rodadas, também está recuperado e deve retornar à titularidade contra o Fortaleza.

Como “coringa”, Luan voltou aos treinamentos com bola. Foto:(Rádio Grenal/Rádio Grenal)

Para o duelo que ocorre em Caxias do Sul, a principal dúvida da equipe fixa na lateral-esquerda. Bruno Cortez seguem em recuperação física e está fora. Juninho Capixaba, suspenso, também é desfalque confirmado. Diante do cenário, Renato terá que improvisar. A tendência é que Leonardo Gomes seja utilizado no lado esquerdo, enquanto Léo Moura, volta a atuar na direita. O jovem Darlan também aparece entre as opções. No trabalho desta tarde, o jogador chegou a treinar pelo corredor esquerdo.

Lateral Bruno Cortez segue em recuperação física e ainda é desfalque para Renato. Foto:(Valéria Possamai/Rádio Grenal)

Na manhã desta quinta-feira, o técnico Renato Portaluppi comanda o penúltimo treino antes viagem para a Serra.

Uma provável escalação do Grêmio tem: Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Rodriguez e Leonardo Gomes (Darlan); Michel, Maicon, Alisson, Jean Pyerre, Pepê; Vizeu.

Com apenas 5 pontos na competição nacional, o tricolor ocupa a vice-laterna. O enfrentamento contra o Fortaleza ocorre no sábado, às 19h, no estádio Centenário.

Comentários

>