Kannemann lamenta derrota contra Santos, mas garante: “Estamos no caminho certo”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal
*Por Bárbara Assmann

 

A vitória não veio, mas o jogo de domingo (28) chegou a ser considerado um dos mais bonitos de 2019. O Grêmio acabou perdendo para o Santos na Arena por 2 a 0, porém intensidade não faltou. O zagueiro Kannemann, em coletiva na tarde desta segunda-feira (29), reconheceu os erros da equipe gaúcha e a dificuldade para fazer o gol. “Às vezes são duas bobeiras e levamos dois gols. Às vezes o adversário faz duas ou três bobeiras e a bola bate na trave, acerta as costas do goleiro. Isso acontece, mas acho que estamos no caminho certo”, disse ele.

A partida mostrou que o campeonato brasileiro é difícil, em função de que as equipes que só jogam esse campeonato acabam tendo uma maior intensidade, dificultando para os times que jogam uma Libertadores, por exemplo. “Hoje em dia o futebol está muito parelho. Todas equipes sabem que a intensidade não se pode negociar”, respondeu Kannemann afirmando que a a essência do futebol está parelha.

Mesmo com a derrota, ele diz que o Grêmio está na direção certa, mas que deve-se reconhecer os erros, principalmente quando há um alerta do técnico Renato Poratluppi. “Temos que reconhecer quando ele (Renato) fala coisas boas para nós, mas também temos que pensar e aceitar as bobeiras que cometemos.”

O zagueiro ainda comentou seu bom momento como jogador e uma futura convocação para a Copa América. “Tomara que possa ter a possibilidade, é o sonho de cada jogador. Vou tentar continuar seguindo fazendo meu trabalho, dando meu máximo. Depois, o que acontecer, será bem-vindo”, finaliza.

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Comentários