Justiça do Inter realiza nova sessão virtual que poderá expulsar Piffero do quadro social

Foto: Arquivo/Rádio Grenal

A pandemia do novo coronavírus, que amedronta o mundo inteiro e que paralisou os campeonatos futebolísticos, também prejudicou os compromissos que muitos clubes possuem fora das quatro linhas. No caso do Internacional, uma pauta importante acabou sendo adiada: a reunião da comissão de ética e disciplina do Inter. Nesse encontro, estava a análise do recurso apresentado pelo ex-presidente Vitorio Piffero para impedir a sua expulsão do quadro social.

Piffero e Pedro Affatato, vice-presidente de finanças na mesma gestão, foram expulsos do quadro social pela comissão de ética e disciplina em maio do ano passado. Porém, coube recurso, que tramitou desde então. Alexandre Limeira e Emídio Marques, que também integravam a diretoria naquela época, foram julgados e condenados pelo Conselho Deliberativo, ambos deixaram o quadro social espontaneamente e evitaram a expulsão pela comissão de ética e disciplina.

Antes da análise do caso pela comissão de ética e disciplina, Piffero, Affatato, Limeira e Emídio haviam sido julgados e condenados pelo Conselho Deliberativo por gestão temerária com base na Lei do Profut. Todos foram impedidos de exercer cargos ligados ao esporte por dez anos.

E agora?

O Conselho Deliberativo do clube, julgará, dia 21 de maio, a partir das 18h30, os recursos interpostos pelo ex-presidente Vitório Piffero e por Pedro Affatato, na época, vice-presidente de finanças, contra a expulsão de ambos do quadro social do Inter.

Por meio de nota o Conselho afirma que: “na ausência de regramento específico, a Mesa propõe o seguinte rito a ser seguido:

A) Apresentação do relatório e projeto de voto pelo Relator;

B) Prazo de 30 (trinta) minutos à sustentação da defesa dos réus, que poderá ser usado conforme ajuste entre os advogados. Não havendo consenso entre esses, será deferido o prazo de 15 (quinze) minutos para cada defesa;

C) Será facultada a manifestação de até 3 conselheiros que se inscreverem junto à Mesa para sustentar a favor ou contra o encaminhamento feito pelo Relator”, conclui.

Importante ressaltar que encerrada a parte da sessão virtual, os Conselheiros Colorados terão até as 17 horas do dia 22 de maio para votarem a favor ou contra os recursos, através do site oficial do clube. Sendo assim, a decisão será divulgada após a apuração de todos os votos.

 

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Atacantes do Inter valorizam protocolo médico no retorno aos treinamentos
Inter cancela treino devido às condições climáticas
Deixe seu comentário