Jean Pyerre diz que time entende cobranças e crê em foco e diálogo para corrigir erros


Por: Valéria Possamai,

Com o objetivo de se recuperar no Campeonato Brasileiro, o Grêmio busca a mobilização para evitar erros e a desatenção cometidas nas últimas partidas. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, véspera do duelo contra o Atlético-MG, o meia Jean Pyerre destacou que o time entende as cobranças e que tem condições “de dar a volta por cima”.

“A nossa conversa mais do que nunca é para se manter unido. Procurar não errar o que a gente vem errando. Não tivemos um início bom no Campeonato Brasileiro e agora vamos em busca dos pontos dentro casa, principalmente. Não podemos cometer os erros que cometemos. Entendemos a cobrança que tem pelo que fizemos nos últimos anos. Um pouco é passado, precisamos buscar uma crescente”, destacou Jean.

Depois da série de conquistas, o jovem de 21 anos falou sobre a experiência de estar passando pela primeira vez, de um mal momento com o time. “É a primeira vez que estou passando por isso, mas é do futebol. Querendo ou não tudo é novidade para mim e nessas horas que a gente vê o tamanho do a camiseta do clube, do peso. A gente entende que toda a cobrança é porque eles sabem que a gente pode dar mais, nós nos cobramos muito também, não ficamos felizes com esse momento, mas temos totais condições de dar a volta por cima.”

Para conquistar os primeiro três pontos no Brasileirão, a receita é não errar. Conforme Jean, o time, por vezes, tem perdido para si próprio. “Diálogo sempre teve dentro do vestuário. Estamos procurando ver onde estamos errando para não cometer mais. Às vezes estamos perdendo para nós mesmos. Precisamos ficar focados os 90 minutos. Quando tivermos a oportunidade, procurar fazer o gol temos que matar o jogo. Fazer o que vínhamos fazendo, um pouco mais de foco, para que possamos colher os frutos dentro de campo. Não é porque não estamos em uma sequência boa que está tudo errado. Sabemos da nossa responsabilidade e vamos em busca da primeira vitória”.

O meia que vem de recente problema no ombro direito, disse estar bem e que aos poucos com a sequência de jogos vai perdendo o medo pelo receio de um contato mais fortes nas divididas. “Minha situação física está tranquila. O problema do ombro é algo que eu já tinha. Mas agora passei uma semana tratando. Me sinto tranquilo, confiante. Estou voltando a jogar, então, aos poucos vou perdendo o medo de cair. A gente quer ajudar e espero que meu ombro também me ajude, para nós nos reerguemos.”

Grêmio e Atlético-MG se enfrentam neste sábado às 19h, na Arena, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

 

 

Comentários

>