O Internacional vence o Paysandu por 1 a 0 em Belém e avança às quartas de final da Copa do Brasil

O Internacional confirmou a classificação às quartas de final da Copa do Brasil com vitória de 1 a 0 sobre o Paysandu, na noite desta quarta-feira (29), em Belém-PA. O Colorado foi melhor durante toda a partida e chegou ao gol com Paolo Guerrero, aos 40 minutos do segundo tempo. No jogo de ida, o Inter havia vencido por 3 a 1 no Beira-Rio. O adversário na próxima fase do torneio e os mandos de campo serão definidos em sorteio. Os jogos serão disputados nos dias 10 e 17 de julho. No domingo (2), às 19h, o Inter recebe o Avaí, no Gigante, pela sétima rodada do Brasileirão.

Odair Hellmann procurou manter a escalação das últimas partidas, mas não conseguiu repetir a formação que enfrentou o Santos, no último domingo. Iago, convocado para a Seleção Brasileira olímpica, deu lugar ao experiente Uendel na lateral-esquerda, e Zeca voltou naturalmente. O restante permaneceu o mesmo, com Marcelo Lomba; Emerson Santos e Víctor Cuesta; Rodrigo Lindoso, Edenílson e Nonato; Nico López, Guilherme Parede e Paolo Guerrero.

Classificação tranquila e gol no apagar das luzes

Tecnicamente, o Internacional sobrou contra o Paysandu no Beira-Rio, e, da mesma forma, no Mangueirão. Logo nos primeiros minutos, a dobradinha Nico-Guerrero apareceu na partida. O uruguaio recebeu lançamento nas costas da defesa e deixou de calcanhar para o centroavante, que dominou na área, driblou o marcador e acertou o ângulo do adversário. A arbitragem, no entanto, assinalou posição irregular de Nico López e invalidou a jogada. Na sequência, Edenílson cobrou falta na área do Paysandu, e Emerson Santos cabeceou para fora, levando muito perigo ao goleiro Mota. Com pouca movimentação e a partida dominada pelo Inter, o fato mais relevante antes do intervalo foi o cartão amarelo recebido por Bruno Oliveira, que, posteriormente, viria a ser expulso no jogo.

O começo da segunda etapa foi movimentado, quando o Paysandu tentara o abafa para buscar o primeiro gol. Nicolas, de cabeça, colocou Marcelo Lomba para fazer grande defesa. No rebote da jogada, Paulo Rangel finalizou de dentro da área, mas o goleiro colorado fez outra boa intervenção. Momentos depois, Bruno Oliveira recebeu o segundo amarelo e foi expulso, deixando os mandantes com 10 em campo. Antes, Odair colocou Sarrafiore na vaga de Nico López.

Sem grandes sustos, o jogo se encaminhava para o final. D’Alessandro ganhou a vaga de Guilherme Parede, que perdeu chance na cara do goleiro, mas foi abafado por Mota. E a presença do ídolo argentino foi fundamental para o gol da vitória colorada. No apagar das luzes, o camisa 10 achou Sarrafiore no lado direito, que escorou na direção do centro da área, onde Guerrero finalizou, acertando o ângulo. Oitavo gol do peruano com a camisa do Internacional, em 12 jogos disputados. Inter classificado com tranquilidade.

Ficha técnica

Paysandu – Técnico: Leandro Niehues

Mota; Victor Oliveira, Vinícius Leite, Bruno Oliveira e Caíque; Bruno Colaço, Tiago Luis (Marcos Antônio), Micael e Thiago Primão (Leandro Lima); Nicolás e Paulo Rangel (Pimentinha).

Internacional – Técnico: Odair Hellmann

Marcelo Lomba; Zeca, Emerson Santos, Víctor Cuesta e Uendel (Bruno); Rodrigo Lindoso, Edenilson e Nonato; Nico López (Sarrafiore), Paolo Guerrero e Guilherme Parede (D’Alessandro).

Arbitragem

Marcelo Aparecido de Souza (PB), auxiliado por Anderson de Moraes Coelho e Daniel Paulo Ziolli (SP). VAR a cargo de Rodrigo Ferreira do Amaral (SP).

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Trensurb tem operação especial para jogo na Arena do Grêmio hoje
Pela Copa do Brasil, o Grêmio venceu o Juventude por 3 a 0 e está nas quartas de final
Deixe seu comentário