Internacional vence o Caxias por 2 a 1 e joga com vantagem no próximo sábado


Por: Valéria Possamai,

O Caxias perdeu de 2×1 para o Internacional, no estádio Centenário, pela semifinal do Campeonato Gaúcho. O Colorado decidiu poupar quase todos os titulares para o jogo da Libertadores, na quarta-feira (3). Em campo, entrou a equipe reserva do Inter, contando apenas com Patrick e Lomba do grupo principal, ainda que o Grená tivesse invencibilidade de quase 2 meses em casa.

O Internacional saiu com a bola e também foi o primeiro a chegar com perigo. Aos 5 minutos, Patrick fez o desarme, entregou para Wellington Silva, que passou para Camilo invadir a área e chutar forte. Bela defesa do goleiro Luis Cetin. Aos 12, o Caxias devolveu a pressão, com ataque pela esquerda e finalização de Bruno Alves, para grande defesa de Marcelo Lomba.

Aos 21, Foguinho recebe o primeiro cartão da partida, por uma falta feita na intermediária, em Bruno. Aos 22 minutos, Emerson Santos sentiu uma entrada forte no tornozelo direito e saiu. Na substituição, Rodrigo Moledo, o terceiro titular do Inter na partida, entra em campo.

Aos 31, o Inter chegou bem com Tréllez e Patrick, pela esquerda, que cruzou para Camilo abrir o placar pro Colorado, com bola cruzada de cabeça para o gol. Mas não demorou para o Grená deixar tudo igual no Centenário. Quando o relógio bateu os 33 minutos, Foguinho marcou o dele. Em contra-ataque rápido, Patrick erra próximo à entrada da grande área e perde a bola para Foguinho, que domina e chuta forte, carimbando o poste e entrando.

Um lance duvidoso na área, aos 41, deixa Camilo caído, mas o árbitro manda seguir. Aos 45 minutos, o jogador grená Diego Miranda sai na maca, sentindo o tornozelo, e é substituído por Caio Cézar. Nada muda nos 4 minutos de acréscimo e o primeiro tempo termina com empate de 1×1. Com esse placar, o Colorado joga no Beira-Rio pelo 0x0, na volta da semi do Gauchão.

Na etapa complementar, as equipes voltam iguais e o ritmo do jogo diminuiu. Aos 5 minutos, Diego Miranda se atrapalhou, perdeu o tempo da bola e caiu. Deixou de marcar para o Caxias, de frente para o goleiro Marcelo Lomba. O Inter veio, aos 7, em alta velocidade e chegou com Parede, para a finalização. Subiu a bandeira, posição irregular, não estava mais valendo a jogada. Com o relógio marcando 14 minutos, substituição no Colorado: sai Patrick, entra Edenilson.

Aos 16 minutos, o Inter chegou com perigo para o gol do Caxias. Parede chutou cruzado pela direita e Cetin salvou. Na sequência, o goleiro do Grená caiu e recebeu atendimento. o Colorado aproveitou para substituir, tirando Tréllez para a entrada de Jonathan Alves. Com 27 minutos de partida, Lomba faz outra grande defesa, com o pé direito, salvando o Internacional do ataque de Juazeiro e se destacando como melhor em campo. O Colorado fez sua última substituição: sai Wellington Silva, entra Neilton.

O Inter chegou novamente, aos 37 minutos, e marcou. Jonathan Alves, pela esquerda, encobriu o goleiro e fez o segundo para o Internacional. A arbitragem anunciou: 4 minutos de acréscimo.

O árbitro apitou o final da partida, no Centenário. Com a vitória, por 2×1, o Colorado chega com vantagem no jogo de volta, no Beira-Rio, no próximo sábado (6). O Caxias teriam que ganhar, ao menos, de 3×2, para se classificar à final do Gauchão.

*Em colaboração com O Sul

Foto:(Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Comentários

>