Internacional perde para Novo Hamburgo, mas avança à semi do Gauchão


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

No primeiro jogo das quartas de final, o Internacional havia vencido o Novo Hamburgo fora de casa por 2 a 0. Nico López e Sarrafiore marcaram. Nesta quarta-feira (27), o Nóia precisava fazer três gols de diferença para avançar à semifinal, ou dois para levar a partida para os pênaltis. Mas não teve sucesso. Mesmo vencendo por 1 a 0, com gol de Neuton, o Novo Hamburgo deu adeus à competição. O Internacional está classificado e amanhã conhecerá seu adversário. Caxias ou Aimoré.

O jogo iniciou com surpresas, Odair escalou Sarrafiore, depois de uma boa sequência de jogos. Mas teve uma baixa. Pedro Lucas, com entorse no joelho direito, ficará fora de 15 a 20 dias.

 

Era preciso arriscar. O Novo Hamburgo segurava a bola em seu campo de defesa, fazendo transições no meio de campo para chegar ao ataque. O colorado, tentava no contra-ataque.

Por um primeiro momento, o Nóia tentou adiantar as linhas e fazer uma pressão inicial. Não deu resultado. Era o Internacional que tinha mais posse de bola. Aos quatorze minutos, Sarrafiore, não decepcionando, chutou muito forte de fora da área e obrigou o goleiro adversário a fazer uma boa defesa.

O primeiro tempo estava morno, o Inter, mesmo com a posse de bola, não tinha boas chances. O Novo Hamburgo estava com dificuldades, mas tentava buscar o gol com bola parada. Foi assim que o Nóia chegou ao primeiro gol. Aos trinta e um minutos, em uma cobrança de escanteio, Neuton abriu o placar de cabeça. Novo Hamburgo 1, Internacional 0.

Nos minutos finais, o time da casa ainda teve um gol anulado. Na jogada, Nonato recebeu o passe em posição de impedimento e, no rebote, Sarrafiore havia marcado. Nico López ainda obrigou o goleiro Gustavo a fazer boa defesa, após chutar sem ângulo.

O Novo Hamburgo iniciou o segundo tempo colocando o meia Mossoró, mas quem acordou foi o time do Inter, que iniciou pressionando. A equipe visitante pouco atacava. Nico López era quem mais aparecia no jogo, tentando jogadas diferentes pelas laterais. Aos onze minutos, ele invadiu pelo lado esquerdo, driblou o goleiro, obrigando o zagueiro a fazer a intervenção.

Na etapa complementar, o Inter fez diversas trocas e acabou alterando a sua formação, buscando o empate com velocidade. O time do Nóia, que precisava do gol, estava tranquilo, não arriscava e muito menos conseguia chegar ao ataque. Era o colorado que tinha as melhores chances, sempre com Nico López. Sóbis estava apagado no jogo.

Aos vinte e sete minutos, o time da casa quase empatou. Novamente ele, Nico López cruzou e Wellington Silva cabeceou, mas o goleiro adversário defendeu. Nos minutos finais, o Novo Hamburgo tentou chegar e pressionar, sem sucesso. Wellington Silva também aparecia bem no jogo, foi dele a melhor chance do segundo tempo, aos quarenta minutos. Ele chutou no ângulo e o goleiro adversário fez grande defesa.

A partida terminou com a vitória do Novo Hamburgo, mas quem se classificou às semifinais do Campeonato Gaúcho foi o Internacional, que aguarda seu adversário que será o Caxias ou o Aimoré. A confirmação será em partida que ocorre nesta quinta-feira (28), às 19h15, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Comentários

>