Inter vence no Beira-Rio e garante a vice-liderança do Campeonato Gaúcho


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Pela última rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho, o Internacional recebeu o Novo Hamburgo no Beira-Rio. Diante de 9 mil torcedores, a equipe colorada venceu pelo placar de 2×0, com o gols marcados por Guilherme Parede e Wellington Silva, e encerrou a participação inicial no Estadual na vice-liderança, contando com o tropeço do Caxias contra o São José. O adversário das quartas de final será o Novo Hamburgo novamente.

Odair Hellmann entrou em campo com a equipe principal, como já havia sido especulado ao longo da semana. Além dos titulares, Guilherme Parede ganhou oportunidade na equipe após boa participação no clássico Grenal do último domingo. Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro e William Pottker; Rafael Sóbis completaram a escalação inicial.

Dever de casa feito

No reencontro com o ídolo Bolívar, técnico do Novo Hamburgo, o Internacional movimentou bastante a partida, inclusive no primeiro tempo. Na bola aérea, D’Alessandro cruzou, a defesa desviou e, por pouco, William Pottker não completou para o fundo das redes. A resposta dos visitantes veio da bola parada. Neuton cobrou falta com muita força, a bola raspou no defensor e Marcelo Lomba realizou difícil. Ainda na etapa inicial, em dois contra-ataques, D’Alessandro teve boas oportunidades para inaugurar o placar, mas, na primeira, parou no goleiro Gustavo e, na segunda, chutou direto pra fora com perigo.

Antes do intervalo, veio o lance mais polêmico do partida. William Pottker invadiu a área, foi empurrado pelo zagueiro e caiu. O árbitro considerou lance normal e nada marcou. Na saída do gramado, Rafael Sobis afirmou que seria preciso jogar também contra a arbitragem, pois não sabia o que estava acontecendo. Se referindo à penalidade não marcada no camisa 99.

Logo na volta do vestiário, o Internacional abriu o placar no Beira-Rio. Rafael Sobis cobrou escanteio do lado esquerdo, Guilherme Parede se antecipou à marcação e desviou de cabeça para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Gustavo. Primeiro gol do meia-atacante com a camisa colorada.

Em vantagem no jogo, Odair Hellmann sacou William Pottker e colocou Wellintgon Silva na vaga, invertendo Parede para o lado direito. Na sequência, tirou o camisa 77 e colocou Sarrafiore. O jovem argentino, aliás, nas primeiras participações já encontrou Rafael Sóbis livre na ponta-esquerda, que finalizou forte e parou em Gustavo. A última alteração foi com a saída de D’Alessandro e o ingresso de Camilo.

O jogo já se encaminhava para o 1×0, quando Wellington Silva marcou e fechou a conta. O meia-atacante aproveitou rebote do Novo Hamburgo, e sozinho na área, escorou para o gol.

O Internacional encerrou a primeira fase na vice-liderança e volta a encontrar o sétimo colocado, Novo Hamburgo, nas quartas de final. A data do jogo de ida, no entanto, ainda não tem data confirmada, com possibilidade de ser realizada no sábado (23) ou domingo (24).

Ficha do Jogo

Internacional – Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro (Camilo) e Guilherme Parede (Sarrafiore); William Pottker (Wellington Silva) e Rafael Sobis.

Novo Hamburgo – Gustavo; Ednei, Fred, Luiz Gustavo e Neuton; Amaral, Preto (Paulinho), Willian Schuster e Mossoró; Hector Bustamante (Kelvin) e Leandro Cearense (Rodrigo Paulista).

Gols – Guilherme Parede (6’/2T) e Wellington Silva (20’/2T)

Comentários