Inter perde para o líder Caxias no Centenário


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

No grande jogo da terceira rodada do Campeonato Gaúcho, Internacional e Caxias protagonizaram o clássico dos invictos. Ambas equipes haviam jogado duas partidas com duas vitórias cada. Em Caxias do Sul, no Estádio Centenário, o clube de Porto Alegre até dominou a partida, mas ficou em desvantagem duas vezes e perdeu pelo placar de 2×1. William Pottker, para o Inter, e Gabriel Dias (contra) e Alex Willian para o Caxias.

Odair Helmann voltou a utilizar os titulares, mas ainda com alterações. Gabriel Dias, que esteve na vitória diante do Novo Hamburgo, permaneceu, assim como Iago, substituindo o lesionado Uendel. Danilo Fernandes, Cláudio Winck, Klaus e Víctor Cuesta completaram a linha de defesa. Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Edenílson e D’Alessandro formaram o meio-campo, com William Pottker e Leandro Damião no comando de ataque – Nico López iniciou no banco de reservas.

Especialidade grená e jogada de futebol de areia

O primeiro tempo, apesar das poucas oportunidades criadas, teve dominância do Internacional. O Caxias explorava apenas a jogada que lhe garantiu a vitória no jogo anterior, contra o Grêmio, na Capital gaúcha: a bola aérea. E foi dessa maneira que conseguiu abrir o placar jogando em seus domínios. Julinho levantou na área, Laércio desviou a bola, que ainda tocou no volante Gabriel Dias antes de alcançar o fundo das redes de Danilo Fernandes.

A resposta colorada veio em grande estilo, em lance que lembrou, certamente, o futebol de areia. D’Alessandro, por cima, encontrou Damião livre nas costas da defesa, que apenas escorou para Pottker encher o pé e recolocar a igualdade no marcador.

William Pottker manteve o protagonismo na partida, mas, na etapa final, de forma negativa. Em duas claras oportunidades , o camisa 99 apareceu livre na área do Caxias e finalizou de perna direita – na primeira, chutou nas mãos do goleiro Gledson e na segunda mandou pela linha de fundo. Após o segundo erro, Odair o sacou e colocou Nico López. O comandante colorado, inclusive, deu oportunidade para Patrick e Roger, que ingressaram nas vagas de Gabriel Dias e Roger respectivamente.

Nos instantes finais, após boa intervenção de Gledson novamente, a equipe grená foi ao ataque e conseguiu se colocar à frente no placar. Daniel Cruz recebeu na direita e finalizou cruzado, na direção da segunda trave. Alex Willian, livre, aproveitou e apenas empurrou para o gol. Nico López, ainda antes dos acréscimos tentou empatar o jogo, mas o forte chutou passou muito perto da trave caxiense e saiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

31 comentários em “Inter perde para o líder Caxias no Centenário

  • 25/01/2018 a 10:26
    Permalink

    O inter ñ mereceu perder pelo que vez no primeiro tempo a verdade é que o damião gol ali que ñ da pra perde

  • 25/01/2018 a 10:18
    Permalink

    gostei do jogo .o inter perdeu,mais teve toque de bola e,poucos chutoes

  • 25/01/2018 a 00:14
    Permalink

    A chamada da rádio: Jogos dos invictos……………

    Dois jogos invictos….peloamor….quem é o “criativo” da edição…..

  • 24/01/2018 a 23:35
    Permalink

    Mas tem treinador! Não entendo como o Winck não pega um clube médio pra grande.

  • 24/01/2018 a 23:33
    Permalink

    E eu achei que estava ruim perder com o sub 20 e sub 19😂😂

  • 24/01/2018 a 23:22
    Permalink

    Em dois jogos Pottker tem 2 gols e Damião ZERO, será que é o Pottker que precisa ser substituído?
    Coloca Nico e Pottker no ataque poraaaaaaaaa… Deixando o ataque rápido/veloz.
    E o Camilo no meio, o Camilo “pifa” o Pottker direto, foi assim em alguns jogos na B.
    Eu queria escalar o Inter por 3 rodadas só.
    A era D’ale acabou, o cara ta cansado, só briga e discute, futebol que é bom quase nada, pelo amor enxerguem isso.

  • 24/01/2018 a 23:14
    Permalink

    Bah amigo, com três volantes no time acho que o trabalho não está sendo bem feito mesmo. Ainda mais três volantes que não sabem o que é entrar na área. Mesma escola de Argel e Celso Roth. Não vai funcionar.

  • 24/01/2018 a 23:14
    Permalink

    Treinador maionese escala quem a direção quer é os empresários impoe. Por isso foi escolhido e não chega em Maio. O clemer esta muito a frente dele mas não é cordeirinhos da direção Elias do taxi capitolio

  • 24/01/2018 a 23:10
    Permalink

    Tão poupando?
    Hahahhahahha
    Gremio time C perde
    Binter time A perde kkkkkk
    São umas piada

  • 24/01/2018 a 22:59
    Permalink

    Bah mano eu fui no jogo contra o caxias.. Esse time do Caxias velho é quase amador.. GRÊMIO E INTER NAO PODE PERDER. SEM Clubismo

  • 24/01/2018 a 22:59
    Permalink

    Zoaram o gremio por perder com o terceiro time foram e perderam com os titulares

  • 24/01/2018 a 22:56
    Permalink

    Não dá pra fazer terra arrasada.
    O trabalho está sendo bm feito pelo técnico não dá pra corrigir longos anos de um time acostumado a dar balão em uma pré temporada de 20 poucos dias ,e mesmo assim deu pra ver evolução.
    O time criou marcou bm no primeiro tempo e cansou no segundo.
    Q torcida q tá ficando chata tem q ter paciência o time está evoluindo.

  • 24/01/2018 a 22:56
    Permalink

    O de transição é ruim da Zaga ao goleiro o inter eo time todo não compara

  • 24/01/2018 a 22:52
    Permalink

    Time ruim o mesmo do ano passado vão cair no brasileiro em 2018 pegou o Caxias e já perdeu imagina quando pegar Flamengo palmeiras. Corinthians. Vão ficar o jogo todo tocando abola pra traz com medo do adversário. Time covarde. … Time ruim . Tecno ruim . Sou colorado mas 2018 não promete nada pro inter. Só a 2 divisão ta esperando de novo direção incompetente

  • 24/01/2018 a 22:50
    Permalink

    Time de fraudinha do GRÊMIO É ruim, mas esse time do CAXIAS E PIOR.. INTERNACIONAL poderia ter ganhado assim como o GRÊMIO.

Comentários estão encerrados.