Inter faz primeiro treino fechado para definir ajustes contra o Santos


Por: Valéria Possamai,

O técnico Odair Hellmann comandou a atividade desta sexta-feira longe dos holofotes. No estádio Beira-Rio, o treino foi com portões fechados para acertar os ajustes no time que enfrenta o Santos, na próxima segunda-feira, às 20h, no estádio Beira-Rio.

Este foi o primeiro trabalho da semana sem a presença da imprensa. Apesar do mistério, o time não deve ter grandes surpresas na próxima rodada. Preservado dos últimos treinamentos, Rodrigo Dourado deverá estar entre os titulares. O capitão reclamou de dores no pé esquerdo e por isso, permaneceu apenas no vestiário realizando exercícios especiais. O mesmo acontece com Leandro Damião, que ficou de fora do último trabalho com bola. Camilo e Rithely também não vieram à campo na quinta-feira. 

A partida poderá marcar a volta de Rodrigo Moledo à zaga. Recuperado de lesão muscular, o defensor treinou normalmente durante a semana, e deve formar a dupla de defesa ao lado de Cuesta, após quatro rodadas longe do time. Rossi, também liberado pelo departamento médico, volta a ficar à disposição.

Sistema defensivo do Inter terá reforço no duelo contra o Santos

A principal baixa fica por conta de William Pottker. O atacante foi diagnosticado com uma lesão muscular na coxa direita e ficará afastado por pelo menos duas semanas.

Com a baixa do camisa 99, D’Alessandro deve ser mantido na equipe, com Leandro Damião no comando de ataque. Opção que se repetiu na última partida contra o São Paulo, quando Pottker precisou ser substituído, promovendo o ingresso do camisa 9, que marcou os dois dos gols que viraram o marcador e consagram a vitória do colorado, pelo placar de 3 a 1.

O provável time do Inter contra o Santos tem: Marcelo Lomba; Fabiano, Moledo, Cuesta e Iago; Dourado, Edenílson, Patrick, D’Alessandro, Nico López; Leandro Damião.

Foto:(Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Comentários