Inter e Vasco empatam em São Januário com marcação polêmica da arbitragem


Por: Valéria Possamai,

Nesta sexta-feira, Inter e Vasco ficaram no 1 a 1, no estádio São Januário. A partida, mais uma vez, terminou com fortes críticas à arbitragem, pela marcação polêmica do pênalti que garantiu o empate ao Vasco, aos 44 minutos da segunda etapa. Antes disso, o colorado havia aberto o placar com Jonatan Álvez.

Com o resultado, o colorado chega aos 58 pontos e segue na terceira colocação, mesmo número de pontos do Flamengo. O time gaúcho agora está há quatro pontos do líder Palmeiras, que ainda entra em campo neste sábado contra o Flamengo. O Inter volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Atlético-PR, no estádio Beira-Rio. 

Primeiro tempo

Sem Leandro Damião, o colorado iniciou a partida com Rossi e Nico López mais centralizado. Precisando somar pontos para deixar a zona de rebaixamento, o Vasco começou imprimindo pressão nos primeiros minutos. Aos 11’, o time carioca reclamou de pênalti de Cuesta em Leandro Castán, mas o árbitro mandou seguir.

Aos 26’, William Maranhão obrigou esforço de Marcelo Lomba. Após o escanteio, o volante ficou com a sobra e arriscou. O chute saiu fraco, mas no cantinho, sendo salvo arqueiro colorado.

Enquanto isso, o Inter tentava trocar passes chamando o adversário, para sair no contra-golpe.

Aos 36’, Lomba voltou a aparecer, após cobrança de falta de Fabrício.

A melhor chance do Inter veio com Rossi. Após lançamento, o atacante recebeu dentro da área e só não conseguiu a conclusão por conta da interceptação de Leandro Castán.

Já aos 46′, Yago Pikachu em cobrança de falta, quase marcou.

Segundo tempo

Já nos primeiros iniciais da etapa final, o Vasco iniciou levando perigo. Após lançamento de Andrey, Yago Pikachu acertou chute, obrigando Marcelo Lomba a fazer grande defesa.

Aos 11′, o Inter teve a primeira conclusão. Edenilson arriscou o chute da entrada da área, e goleiro Martín Silva fez boa defesa. Os vascaínos seguiram pressionando. Aos 17′, Galhardo carimbou a trave de Marcelo Lomba.

Aos 39′, as mudança de Odair Hellmann surtiram efeito. Jonatan Álvez e Welington Silva saíram do banco de reservas para colocar o colorado em vantagem. A jogada começou com Welington Silva, que bateu concluiu de chapa. O goleiro Martín Silva espalmou e no  rebote, Jonatan Alvez, de primeira, colocou o colorado em vantagem.

Entretanto, vantagem colorada não perdurou por muito tempo. Aos 44′, Kelvil avançou em direção à grande área e caiu em disputa com Víctor Cuesta. O árbitro viu toque do zagueiro colorado e marcou pênalti. Os jogadores do Inter reclaram muito da marcação. Rodrigo Dourado e Edenilson chegaram a receber cartão amarelo. Após muita reclamação, Maxi López bateu e concluiu, empatando a partida em São Januário: Vasco 1 x 1 Inter.

FICHA TÉCNICA

Vasco da Gama (1): Martín Silva; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Ramon; Willian Maranhão (Raul), Andrey, Fabrício (Thiago Galhardo), Yago Pikachu e Morrony (Kelvin); Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Wellington Silva), Patrick e Rossi (Jonatan Alvez); Nico López. Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Jonatan Alvez (I), aos 39min do segundo tempo, e Maxi López (V), aos 46min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Willian Maranhão, Thiago Galhardo e Maxi López (V); D’Alessandro, Rodrigo Moledo, Rodrigo Dourado, Edenilson e Jonatan Alvez (I).

Cartão vermelho:  Edenilson (I).

Foto:(Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Comentários