Inter é derrotado em Chapecó e vê São Paulo manter vantagem na liderança


Por: Valéria Possamai,

O colorado segue sem vencer na Arena Condá. Na noite desta segunda-feira, no encerramento da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Inter foi superado, de virada, pelo placar de 2 a 1, pela Chapecoense. Com o revés, o time gaúcho perdeu a chance de reassumir a liderança e se mantém com 49 pontos, a um ponto do líder São Paulo.

As redes balançaram ainda na primeira etapa. Após William Pottker ser derrubado dentro da área, o juiz marcou pênalti para o Inter. Na cobrança, Nico López concluiu e abriu o marcador para o colorado, aos 25 minutos.

Apesar de ter sofrido o gol, a Chape não se bateu. Buscando deixar a zona de rebaixamento, o time catarinense passou a pressionar. Aos 36’, veio o empate. Em cruzamento de Eduardo pela direita, Leandro Pereira venceu a marcação da zaga colorada e de cabeça, concluiu para as redes e igualou o placar.

Já no segundo tempo, aos mesmos 36’, Leandro Pereira apareceu novamente, para colocar a Chape em vantagem. Após a finalização do centroavante, a bola bateu no braço de Víctor Cuesta e o árbitro assinalou pênalti para o time da casa. Na cobrança, o camisa 90 bateu com precisão, decretando o placar final.

Após o pênalti, o Inter perdeu Víctor Cuesta, que foi expulso. Com um jogador a menos, o colorado tentou reverter o marcador. Teve ao menos quatro chances de igualar a partida, mas a bola não entrou. Já nos acréscimos, o colorado teve a oportunidade mais clara, mas a chance não foi aproveitada. Novamente, o árbitro assinalou penalidade para o Inter, após Damião ser derrubado dentro na área. O próprio centroavante bateu a cobrança, e o chute parou nas mãos do goleiro Jandrei, um dos destaques da partida.

O Inter volta a campo no próximo domingo. Novamente, fora de casa, o time tem pela frente o Corinthians, em São Paulo.

Ficha Técnica

Chapecoense (2): Jandrei; Eduardo (Barreto), Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos, Victor Andrade (Bruno Silva), Diego Torres (Yann Rolim) e Doffo; Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Edenilson e Patrick; Nico López (D’Alessandro), William Pottker (Camilo) e Jonatan Alvez (Leandro Damião). Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Nico López (I), aos 25 minutos do primeiro tempo; Leandro Pereira (C), aos 36 minutos do primeiro tempo; Leandro Pereira (C), aos 36 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Rafael Thyere, Doffo, Jandrei, Barreto (C); Víctor Cuesta, Gabriel Dias, Patrick (I).

Cartão vermelho: Víctor Cuesta (I).

Foto: (Sirli Freitas/ACF)

Comentários