Inter derrota Palmeiras nos pênaltis e se classifica para a próxima etapa da Copa do Brasil


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal
por Kyane Sutelo

O Internacional venceu o Palmeiras no estádio Beira-Rio, pelas quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (17). A vitória foi difícil, após um jogo de gol anulado, várias aparições do VAR e a expulsão de D’Alessandro. Porém, o Colorado foi superior em casa e Patrick fez um gol, levando o confronto para os pênaltis e dando a chance de o time gaúcho se classificar para a semifinal da competição.

Odair Hellmann, além de estar atrás no placar, ainda contou com um desfalque importante no grupo: Rodrigo Dourado não entrou em campo. O volante sentiu o joelho no último treino e teve que ser substituído por Lindoso. Além disso, o Palmeiras não perdia desde abril, contabilizando 17 jogos de invencibilidade.

Apesar das dificuldades, o Inter começou o primeiro tempo mostrando a vontade de virar o placar. Aos três, o Colorado já chegava com Guerrero e D’Alessandro. O time de Felipão não conseguia ditar o ritmo da partida e o grupo de Odair Hellmann mostrou superioridade ao longo de toda a etapa inicial, Com maior posse de bola, também era o Internacional que finalizava mais.

E foi no folêgo de insistir na ofensiva que o time da casa achou seu gol. Edenilson conseguiu recuperar a bola e chutou, ficando para Patrick o rebote. Ele bateu e, mesmo desviando em Luan, conseguiu marcar. Inter 1. Palmeiras 0. Já nos últimos minutos, o Verdão até chegou bem com Dudu, mas Marcelo Lomba não deu chance, defendendo.

Para o segundo tempo, o Palmeiras mudou: começou com Moisés no lugar de Lucas Lima. Mas, é o Inter que continua indo pra cima e preocupando Weverton. Após cruzamento de Lindoso, Nico López bate e o goleiro do time paulista defende. No rebote, ele salva de novo o Verdão da vitória colorada.

Uma confusão em campo paralisou a partida e rendeu cartão amarelo para Dudu e Nico López. O Internacional chega bem novamente com Cuesta, mas Weverton salva — e a arbitragem anula o lance por impedimento. Odair decide tirar Nico, para a entrada de Rafael Sóbis. O Palmeiras segue com dificuldades para criar e recebe dois cartões amarelos em sequência para Luan e Gustavo Gómez. Aos 30 minutos, novas trocas em ambos os lados: Carlos Eduardo no lugar de Deyverson; e Nonato substituindo Bruno.

Uma esperança para o Palmeiras surgiu nos minutos finais da partida. Edenilson chegou marcando Felipe Melo que caiu na área e o árbitro Rafael Traci marcou o pênalti. Mas, após consulta ao VAR, ele entendeu que não houve nada e seguiu o jogo. Cartão por atitude inusitada já aos 40: marcos Rocha empurra um gandula e é amarelado.

E foi faltando três minutos para o final do confronto, já contando os seis de acréscimo dados pela arbitragem, que o Inter se viu perto da vitória. Em cobrança de escanteio, o Inter balançou as redes com Cuesta. Porém, o VAR chamou o árbitro para revisar a jogada e ele anulou o gol. Durante a conferência do lance, D’Alessandro levou o segundo amarelo, por reclamação, e foi expulso. Mais três minutos foram dados de acréscimo, mas o jogo foi para os pênaltis.

Paolo Guerrero foi o primeiro a enfrentar Weverton e marcou para o Inter. Na primeira cobrança Palmeirense, o capitão Bruno também converteu. Sóbis foi o segundo a cobrar para o Colorado e chutou no meio, forte, sem chance para o goleiro. Já na vez de Gustavo Gómez, foi Marcelo Lomba quem brilhou, chutando para fora. Endenílson fez para Inter e manteve a vantagem. Na sequência, Diogo Barbosa fez e Lindoso também. Luan poderia ter antecipado a vitória colorada, mas após a bola bater no travessão, ela entrou. Patrick bateu mal e Weverton acertou o canto. Willian tirou Lomba da jogada, fez o gol e deixou tudo igual.

Nas cobranças alternadas, Nonato colocou a bola no canto direito, Weverton acertou o lado, tocou na bola, mas não conseguiu tirar. Moisés deveria fazer para manter o Palmeiras vivo na busca pela vaga. Porém, ele colocou a bola no travessão e o Inter garantiu a vitória e a classificação para a semifinal da Copa do Brasil.

Os colorados enfrentarão o Cruzeiro na próxima etapa da Copa do Brasil. Pela frente, a equipe ainda tem outro confronto importante. O peso, nesse caso, é do clássico, já que o Inter recebe o Grêmio no Beira-Rio pelo Campeonato Brasileiro. O Gre-Nal será no próximo sábado (20), às 19h.

(Foto: Reprodução Twitter SCInternacional)

Comentários

>