Inter consegue virada nos acréscimos diante do Atlético-PR e assume a vice-liderança do Brasileirão


Por: Valéria Possamai,

Em partida disputada no Beira-Rio, o Furacão assustou e largou em vantagem no marcador, mas o Inter conseguiu o empate com gol de Rodrigo Moledo e virada de pênalti, com gol de D’Alessandro. Com a vitória,  o colorado chega aos 61 pontos e assume a vice-liderança e fica a cinco pontos do líder Palmeiras, nesta 32º rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro tempo

Mesmo jogando em casa, o Inter encontrava dificuldades nos primeiros minutos para sair ao campo de ataque. Reflexos da marcação alta que fazia o Atlético-PR. A primeira oportunidade do colorado veio aos 4’, em cobrança de falta. Na cobrança de D’Alessandro, Gabriel Dias cabeceou na primeira trave, mas a bola saiu longe do gol.

Já aos 17’ o Inter imprimia pressão. O time de Odair Hellmann tentava criar chances de gol pelo alto, em cobranças de escanteio, que somavam cinco até a primeira metade do primeiro tempo.

Aos 24’, o time gaúcho teve a melhor oportunidade com D’Alessandro. Juan Alano, que fazia sua primeira partida como titular no Brasileirão, inverteu a jogada para esquerda, onde estava o argentino. De primeira, o camisa recebeu e chutou, a bola passou ao lado do ângulo direito do goleiro do furacão.

Os visitantes tiveram a primeira finalização no jogo aos 34’, . Em cobrança de falta na longe da grande área, Bergson soltou a bomba e a bola passou raspando a trave de Marcelo Lomba.

Já nos minutos finais do tempo inicial, o Inter ainda tentou colocar a bola na área na jogada de Patrick, que driblou dois adversários na esquerda e conseguiu o cruzamento, mas na hora da conclusão Damião errou o tempo da bola e não conseguiu cabecear.

Aos 46’, a partida foi encerrada com 1 a 1 no placar do Beira-Rio.

Segundo tempo

O colorado iniciou a segunda etapa colocando pressão. Aos 3’, Damião fez o pivô e escorou a bola para Nico López. O uruguaio concluiu fraco mas com efeito, para grande defesa do goleiro Felipe, que espalmou.

A resposta do furacão veio quatro minutos depois com “ajuda” do defensor do Inter. Em cobrança de falta, a bola desvia em Cuesta, mas Marcelo Lomba toca nela e toque na trave antes de sair em escanteio.

O Inter seguia tentando marcar o primeiro gol. Em saída rápida, Nico López puxou o contra-ataque de dois contra dois. O uruguaio venceu a corrida de Camacho e tocou para Damião. O camisa 9 ajeitou a  bola e chutou colocado, mas Felipe Alves fez a defesa.

Aos 17’, foi a vez de Nico López concluir. Em tabela com com Wellington Silva, que entrou na vaga de Damião, o uruguaio recebeu e de fora da área, finalizou com perigo, mas a bola saiu para fora.

Mas aos 18’, os visitantes foram efetivos e marcaram o primeiro gol em erro do Inter. Em erro de passe de Patrick no meio de campo, Camacho ficou com a bola e  avançou livre para finalizar. O chute ainda desviou em Rodrigo Moledo e enganou Marcelo Lomba. Furacão na frente no Beira-Rio: 1 a 0.

O time gaúcho seguia com força no ataque. Em jogada de D’Alessandro, o argentino lançou bola na área, mas o goleiro Goleiro Felipe Alves afastou para escanteio.

O gol animou o Atlético que cause chegou ao segundo gol aos 25’. Raphael Veiga avançou pelo meio, limpou dois defensores do Inter e concluiu rasteiro. A bola passou perto, levando perigo para ao goleiro Lomba. Os visitantes ainda tiveram boa chance em cobrança de falta. Novamente com Bergson, veio a bomba de fora da área, mas Marcelo Lomba fez a defesa no meio do gol.

Diante de tanta pressão, o gol de empate saiu. Rodrigo Moledo aproveitou passe de Wellington Silva e acertou o lado direito do goleiro Felipe Alves, deixando tudo igual no Beira-Rio, aos 36’. Inter 1 x 1 Atlético-PR.

A partida se mostrava eletrizante nos minutos finais. Ambos os times tentavam o gol em lances de contra-ataque. Já aos 41’, novamente em jogada de Wellington Silva, o atacante viu a passada de Rossi e tentou o cruzamento. O camisa 22 conseguiu o cabeceou, mas a bola saiu em linha de fundo.

Aos 45’, o árbitro assinalou pênalti para o Inter. Em ataque rápido do Inter, Rossi foi derrubado dentro da área e o juiz marcou a penalidade. Na cobrança, D’Alessandro bateu e marcou a virada do colorado na partida aos 48’. Placar 2 a 1, no Beira-Rio.

Aos 51′, a partida foi encerrada com virada e vitória colorada em casa. Jogadores do Atlético reclamaram muito com a arbitragem sobre a marcação do pênalti.

Foto:(Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Comentários