Guerrero vive expectativa por jogar no Peru e revela que não irá comemorar gol contra o Alianza: “Momento especial”


Por: Valéria Possamai,

Após o último treinamento do Inter no Peru, Paolo Guerrero concedeu entrevista coletiva para projetar o confronto contra o Alianza Lima. A partida pela Copa Libertadores reserva um momento especial para o peruano, que reencontra seu país e enfrentará o time em que iniciou sua carreira.

Desde a chegada da delegação colorada, Guerrero tem recebido carinho de seus conterrâneos. A população tem se mobilizado para rever seu craque e já no desembarque do time, os peruanos fizeram festa para receber o camisa 9 do Inter. Diante de toda essa atmosfera, o jogador afirma que será um confronto difícil e especial, justamente por estar enfrentando o time do coração.

“Para mim significa muito estar aqui, com um time brasileiro. Enfrentar meu time mais querido. Toda minha família torce para o Alianza Lima. E eu joguei toda minha infância no Allianza. Sempre fui torcedor do Alianza. É um momento especial, lindo. na minha cabeça ainda não acredito de ter essa oportunidade”, declarou o centroavante.

Mesmo com a equipe já classificada às oitavas, Paolo destaca que a importância do duelo para que o colorado assegure a classificação em primeiro no Grupo H. Para isso, o time conta com a figura do centroavante, que se tornou a principal figura de marcar gols. Em quatro jogos, o peruano já soma 3 gols. No entanto, em respeito ao Allianza, Guerrero já revelou que não irá comemorar, no caso de balançar as redes.

“Hoje eu defendo as cores do Internacional, onde me sinto muito feliz. Mas não deixo de pensar que eu torço para o Alianza. Amanhã será um momento especial e ao mesmo tempo difícil. Futebol é meu trabalho, e tenho que fazer o melhor pelo meu time. E um jogo importante para confirmamos nossa classificação em primeiro”, que completou: “Eu recebo muito carinho pelo que eu passei, pela seleção, pela classificação que tivemos na Copa do Mundo. Eu fico muito agradecido pelo carinho do meu povo. E a maneira que eu posso agradecer é dentro do campo, dando a vida pela minha seleção peruana.”

Nesta partida, o centroavante também terá a novidade de atuar com um novo companheiro de ataque. Sarrafiore deve receber a primeira oportunidade como titular na competição continental. “O entrosamento está sendo fácil porque meus companheiros me ajudam. Preciso me entrosar um pouco mais, conhecer mais meus companheiros, mas nesses jogos vai dar sequência disso ir acontecendo. Jogar com Sarrafiore, preciso saber como ele jogua, preciso que ele me procure para tentar finalizar. Mas todos meus companheiros tem me ajudado a me entrosar.”

Alianza Lima e Inter se enfrentam às 21h30min desta quarta-feira (24), pela quinta rodada da primeira fase, no Estádio de Nacional de Lima.

Foto:(Divulgação/S.C.Internacional)

 

Comentários

>