Grêmio recua e leva empate no último minuto


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Sem contar com o lateral-esquerdo Bruno Cortez, o técnico Renato Portaluppi levou a campo Marcelo Grohe, Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Maicon, Cícero, Ramiro, Luan, Everton; e na frente André para enfrentar o Flamengo pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, na Arena.

Primeiro Tempo

Com a marcação mais adiantada, o Grêmio procurou pressionar o Flamengo desde os segundos iniciais, tanto que Luan com menos de um minuto arrematou para fácil defesa do goleiro Diego Alves. O tricolor manteve sua filosofia de futebol, com o tradicional controle da partida através de passes curtos e a busca pelos espaços que o adversário deixaria.

Apenas aos 20’ de primeiro tempo, o Flamengo se soltou na partida e dois minutos depois Cuéllar arremata sem perigo. O tricolor, fugindo um pouco de suas últimas formas de atuar, passa a arriscar com chutes de longa distância, obrigando o goleiro carioca a trabalhar.  A equipe de Mauricio Barbieri passa a gostar do jogo e com boas chegadas tentava abrir o placar, mas Marcelo Grohe com grandes intervenções segurava a igualdade.

O tricolor retoma o ímpeto inicial da partida e passa novamente a pressionar a saída de bola do Flamengo. E aos 38’ Luan abre o placar para os donos da casa, após grande jogada dentro da área, Léo Moura e Ramiro fazem linha de passe, no decorrer do lance o lateral encontra o camisa sete que arremata marcando, Grêmio 1 x 0 Flamengo.

Segundo Tempo

Com o reinício da partida, o Grêmio procura manter o modo de atuar da primeira etapa, com a constante troca de passes, mas sem chegar com perigo. Por outro lado, o Flamengo antes dos quinze minutos do segundo tempo pouco produziu oportunidades para buscar o empate. O tricolor  passa a adotar uma postura mais recuada para contar com a velocidade de Everton em contra-ataques.

Sem alternativas, Mauricio Barbieri promove trocas em sua equipe para agredir o Grêmio, Renato Portaluppi por sua vez não demora para dar a resposta e mantém o estilo recuado, visando o contragolpe com Marinho que pouco foi acionado.

Seguro na partida, o tricolor espera o Flamengo que com as mudanças passa a dominar a meia-cancha e a explorar os lados de campo, naquele momento a equipe carioca envolvia a defesa do Grêmio que muito recuado não conseguia sair de trás, apenas afastava através de balões para o alto.

Atuando pelos flancos, o Flamengo chegaria ao empate com Lincoln aos 48’ da segunda etapa, depois de jogada pelo lado esquerdo de ataque, Renê encontra o garoto que deu números finais a partida na Arena.

Grêmio 1 x 1 Flamengo.

Copa do Brasil: Resultados dos confrontos pelas partidas de ida das quartas de final

FICHA TÉCNICA:

Substituições

Grêmio

Saíram: Everton, Léo Moura e André. Entraram: Marinho, Léo Gomes e Jael.

Flamengo

Amarelo: Lincoln

Saíram: Marlos Moreno e Fernando Uribe. Entraram: Vitinho e Lincoln.

Público 40.075 torcedores, 37.358 pagantes.

Renda de R$ 1.919.531,00.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Comentários