Grêmio oferece salário milionário e Paulinho recusa primeira oferta

Paulinho é grande desejo de Felipão, com quem trabalhou na China

Foto: Nelson Almeida / AFP

O momento do Grêmio não é bom. Eliminado da Copa Sul-Americana para a LDU, e na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, tricolor necessita de uma conteção para o restante desta temporada. Porém, com a corda no pescoço no nacional, o clube gaúcho ainda pode pensar em título na Copa do Brasil. E para ambas as competições, estuda-se reforços para o seu plantel.

Pedido de Felipão, Paulinho apareceu como um dos prováveis nomes a se procurar no mercado. Contudo, as tratativas não avançaram após a primeira oferta gremista. Conforme apurado pela reportagem da Rádio Grenal, o clube gaúcho ofereceu um salário de R$ 1,2 milhões mensais, além de R$ 2 milhões em luvas diluídas no tempo de contrato.

A negociação declinou após o meio-campista recusar a proposta, entendendo que pode receber valores maiores. Além disso, o atleta tem vontade de retornar a Europa, onde já atuou em clubes com o Barcelona e o Tottenham Hotspur. Porém, sua relação com Felipão, no qual foi treinado no seu último clube, pode facilitar para que o negócio termine com um final positivo.

Atualmente, Paulinho está livre no mercado. Em 2018, o jogador havia retornado ao Guangzhou Evergrande, após sua primeira passagem em 2015. Entretanto, em 2021, por conta da pandemia, o jogador sequer conseguiu retornar a China para atuar no clube oriental, e com isso, rescindiu seu contrato com os chineses.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter x Olímpia: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Grêmio trabalha em negociações de jogadores para reduzir plantel
Deixe seu comentário