Grêmio entra desatento, perde para o Flamengo e cai na Copa do Brasil


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Com Cícero iniciando no banco de reservas, Renato Portaluppi parece que ouviu imprensa e torcedores que pediam uma mudança no setor de meio campo. E assim, mandou a sua equipe a campo: Marcelo Grohe, Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Jaílson, Ramiro, Luan e Éverton e no ataque o centroavante André.

Primeiro Tempo

Nos instantes iniciais da partida, o Grêmio procurou manter o controle do jogo, através da posse de bola, mas foi o Flamengo o primeiro a arrematar com Vitinho, sem perigo a goleira de Marcelo Grohe. Na sequência aos 5′ a equipe da casa abriria o placar com Everton Ribeiro, depois de nova jogada pessoal de Vitinho que conta com falha do sistema defensivo tricolor.
Flamengo 1 x 0 Grêmio.

Antes do gol, a equipe flamenguista adotava uma postura recuada, depois de favorecido no placar manteve-se fechado e neutralizando as principais jogadas do adversário que apostava em trocar a bola e atuar pelos lados devido ao meio de campo estar congestionado. O Grêmio com o passar do embate novamente tomou o controle das ações, porém sem a criação de oportunidades claras de gol.

Enquanto o Grêmio tomava conta da partida e a forçava com toques de bola na frente da área adversária, o Flamengo passou a explorar os contra-ataques com Éverton Ribeiro – e foi somente aos 34′ que o tricolor gaúcho chegaria a arriscar fraco chute de Éverton que Diego Alves segurou com tranquilidade.

Aos 36′ o mesmo Éverton perderia a melhor chance criada pelo Grêmio, depois de chegada de Geromel, o garoto desvia por cima da goleira flamenguista. Enquanto o tricolor gaúcho mais uma vez buscava o controle da partida, o Flamengo assustava com os arremates de Vitinho.

Segundo Tempo

Como na primeira etapa, o Grêmio reinicia mantendo o seu estilo habitual de toque de bola e marcação alta para dificultar a saída de jogo do Flamengo e em boa trama pelo lado direito o tricolor perde grande oportunidade com André que chega atrasado depois de passe de Ramiro, isso antes dos 5′ da segunda etapa.

Aos 10′ o Grêmio já comandava todas as ações da partida pelo lado esquerdo com Bruno Cortez, Éverton e Luan que aparecia por ali, mas não conseguiam transpor as duas linhas que estavam postada na frente da área do Flamengo. Com pouca criação pelo meio campo, a equipe de Renato Portaluppi se via presa na estratégia orquestrada por Mauricio Barbieri.

Somente aos 14′ a equipe rubro-negra se aventuraria a sair de trás em falta cobrada por Diego que com desvio na barreira consegue um escanteio para os donos da casa. Renato Portaluppi promove alterações na sua equipe em busca do gol de empate. O treinador do Flamengo Mauricio Barbieri, atento, também muda – e dez minutos depois o Grêmio arrematava com Jael para defesa fácil de Diego Alves. Aos 30′ Ramiro salva o tricolor, depois de chute de Marlos Moreno, o volante gremista afasta.

Aos 41′ Alisson encontra Everton que conduz, busca o corte para o meio da área, mas arremata na zaga flamenguista. O Grêmio de forma desorganizada pressionaria a equipe rubro-negra até o final da partida, mas não conseguiu o gol de empate que levaria aos pênaltis.

Final de jogo, Flamengo 1 x 0 Grêmio, e o tricolor se despede da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA

Flamengo

Substituições

Entraram: Marlos Moreno, William Arão, Rômulo.

Saíram: Vitinho, Cuéllar, Diego.

Amarelos: Diego Alves, Renê, Diego, Henrique Dourado.

Grêmio

Substituições

Entraram: Jael, Marinho, Alisson.

Saíram: André, Léo Moura, Maicon.

Amarelos: Maicon, Luan, Marinho, Douglas.

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Comentários