Grêmio divulga nota sobre torcedor baleado em Caxias do Sul


Por: Valéria Possamai,

Em nota oficial nesta segunda-feira, o Grêmio lamentou as confusões entre torcedores na partida deste domingo, contra o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi. Após o término do jogo, o torcedor Bruno Pisoni Garcia, que é conselheiro do clube, foi atingido por dois disparos, nas imediações do estádio.

Confira a nota do clube:

” O  Grêmio FBPA vem a público lamentar mais uma vez que episódios como o ocorrido ontem durante o jogo Juventude e Grêmio, na saída do Estádio Alfredo Jaconi, envolvendo membros de torcidas organizadas, maculem o nome de nossa instituição, os princípios do futebol, e vão de encontro aos valores do Clube. O Grêmio baliza sua conduta de acordo com padrões éticos, sociais e morais, sobretudo no que diz respeito à preservação e segurança da vida humana.

Ao conselheiro Bruno Pisoni Garcia, nosso desejo de pronta recuperação.

O Grêmio arguardará o resultado da investigação e verificará providências, se for o caso, de condutas que infrinjam regulamentos do Clube.”

O caso

O torcedor ficou ferido após o término da partida entre Juventude e Grêmio neste domingo, em Caxias do Sul. De acordo com as primeiras informações, um dessentimento entre os próprios torcedores ocorreu na avenida São João, próximo ao portão de acesso da torcida adversária no estádio Alfredo Jaconi. O torcedor foi atingido com um tiro no rosto e no antebraço esquerdo.

A vítima segue internada no Hospital Pompéia, em Caxias do Sul. De acordo com o hospital, o homem de 37 anos já saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Em rápida ação, a Brigada Militar conseguiu prender o autor dos disparos. O suspeito foi preso em flagrante por tentativa de homicídio qualificado (motivo fútil). O outro homem, que estava portando a arma, também foi preso por porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito e numeração de série suprimida. Ambos serão encaminhados ao sistema prisional.

Um terceiro homem também foi preso pela polícia, mas foi liberado após prestar depoimento. O delegado entendeu que ele não teria participação no crime.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários